Claudio Longo / EFE
Claudio Longo / EFE

Jogador do Lecce que ficou desacordado após choque de cabeça passará por exames

Manuel Scavone recebe visita de jogadores, incluindo o outro envolvido no lance, Giacomo Beretta

Redação, Estadão Conteúdo

02 de fevereiro de 2019 | 16h06

Manuel Scavone, meio-campista do Lecce que ficou desacordado e foi encaminhado ao hospital após sofrer um choque de cabeça na última sexta-feira, durante a partida entre sua equipe e o Ascoli, pela segunda divisão do Campeonato Italiano, vai passar por mais testes nos próximos dias antes de ser liberado.

Emprestado pelo Parma ao Lecce, Scavone levou a pior em disputa de bola de cabeça com Giacomo Beretta, atacante do Ascoli. Ele chegou a ficar desacordado no gramado, mas recuperou a consciência e foi socorrido por uma ambulância e encaminhado ao hospital logo na sequência. Houve silêncio no Stadio Via del Mare, em Lecce, seguido de aplausos quando Scavone acordou.

O jogador poderia ser liberado neste sábado, mas os médicos entendem que, por precaução, Scavone precisa passar por exames mais detalhados. Envolvido no lance, Beretta foi um dos vários jogadores que visitaram Scavone no hospital neste sábado. Os dois foram companheiros de equipe no Pro Vercelli entre 2014 e 2016.

O incidente aconteceu apenas segundos após o pontapé inicial na partida, que foi prontamente suspensa pelo árbitro, a pedido dos jogadores. A Federação Italiana de Futebol (FIGC, na sigla em italiano) ainda não definiu uma data para o duelo ser realizado.

O Lecce é o atual terceiro colocado da Serie B italiana, com 35 pontos em 21 jogos. Já o Ascoli ocupa a 12.ª posição entre os 19 times do torneio, com 26 pontos ganhos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.