Divulgação / Desportivo Brasil
Divulgação / Desportivo Brasil

Jogador do Rio Preto é preso após derrota na Série A3 do Paulista

Polícia intercepta ônibus da delegação para prisão preventiva do atacante Vinícius Pivetta

Redação, O Estado de S.Paulo

29 de janeiro de 2020 | 18h58

A delegação do Rio Preto, clube de São José do Rio Preto (SP), foi surpreendida na noite de terça-feira, quando uma viatura da Polícia Rodoviária Estadual interceptou o ônibus com um mandado de prisão para um de seus jogadores. O atacante Vinícius Pivetta, de 25 anos, acabou preso e conduzido para uma delegacia na cidade de Rio Claro, no interior paulista.

É um prisão preventiva por acusação de tráfico de drogas, ocorrida 11 anos atrás em Santa Catarina. Na época ele era menor de idade: tinha 14 anos. Nesta quarta-feira, o jogador foi transferido para a cidade de Piracicaba (SP), onde está à disposição da Justiça.

O fato ocorreu na rodovia Fausto Santomauro (SP-127), quando o ônibus do clube retornaria à São José do Rio Preto depois de perder para o Rio Claro por 2 a 0, na abertura da terceira rodada do Campeonato Paulista da Série A3 - a terceira divisão estadual.

O presidente do clube, José Eduardo Rodrigues, garantiu que isso se trata de um caso antigo e que confia na inocência do atleta. "Não sabíamos do caso antes da prisão. Mas se trata de um rapaz honesto, trabalhador e que não nos deu nenhum problema no clube. Inclusive foi o melhor em campo nas duas primeiras partidas que disputamos. Ele tinha amigos em Santa Catarina que estavam envolvidos em tráfico e acabou sendo envolvido por uma escuta de telefone. Esperamos que ele preste seu depoimento e seja liberado", comentou o dirigente, garantindo apoio jurídico ao atleta.

Revelado pelo Santo André, Vinícius Pivetta rodou por alguns times no interior de São Paulo: Desportivo Brasil, XV de Jaú, Francana, Monte Azul e Inter de Limeira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.