Jogador é punido por fazer gestos obscenos

O tribunal esportivo da Turquia suspendeu por 7 meses o francês Pascal Nouma, que defendia o Besiktas, ?por gestos obscenos?. O atacante foi a julgamento depois de comemorar gol diante do Fenerbache sem camisa e com as mãos dentro do calção. A própria torcida do Besiktas se sentiu ofendida e exigiu a demissão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.