Jogador italiano é pego no antidoping por uso de cocaína

Francesco Flachi, atacante e capitão da Sampdoria deu positivo para o uso de cocaína em exames antidoping, anunciou nesta quarta-feira o Comitê Olímpico Italiano (Coni). A presença de benzoilecgonina - metabólito principal da cocaína - foi detectado em exame feito no jogador após a derrota por 2 a 0 de sua equipe para a Inter de Milão no dia 28 de janeiro, pelo Campeonato Italiano.Flachi, de 31 anos, joga no time da cidade de Gênova desde a temporada 1999/2000. Na campanha da atual, o atacante participou de 13 jogos e marcou quatro gols na Série A. O capitão da Sampdoria foi o segundo jogador a dar positivo no exame antidoping nesta temporada na Itália. Marco Borriello, atacante do Milan, foi pego por uso de cortisona após a derrota para a Roma por 2 a 1 em 11 de novembro.Flachi já havia sido suspenso por dois meses dos gramados pela Federação Italiana por envolvimento no escândalo de resultados arranjados que manchou a última temporada do Calcio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.