Reprodução
Reprodução

'Jogador raro', Ganso é elogiado por Ney Franco

Novo treinador do meia está empolgado com reforço no São Paulo. 'Vai chegar em um bom momento', diz

AE, Agência Estado

21 de setembro de 2012 | 11h45

SÃO PAULO - A novela da negociação entre Paulo Henrique Ganso e São Paulo teve um final feliz na madrugada desta sexta-feira, quando a transferência foi concluída. O clube do Morumbi desembolsou R$ 23,9 milhões para tirar o meia do Santos. Melhor para o técnico Ney Franco, que ganhou um "jogador raro" para armar sua equipe.

"É uma raridade de jogador", avaliou o treinador. "É um jogador concorrido, que vários clubes gostariam de ter. Vai chegar em um bom momento para nos ajudar a fechar bem o Brasileiro e também temos um planejamento para a próxima temporada", completou.

Ney Franco não escondeu a felicidade com a contratação e agradeceu ao clube por poder contar com Ganso no elenco. "O São Paulo está me oferecendo, como treinador de futebol, um jogador de grande qualidade, uma raridade. Temos de comemorar muito a sua chegada. Ele poderá me dar mais opções para armar o time e deixará o setor ainda mais qualificado", comentou.

Com a contratação, o São Paulo não só ganha um importante reforço para o restante do Campeonato Brasileiro, no qual ainda briga pela vaga na Libertadores, como também começa a montar o elenco para o ano que vem. Sem Lucas, que vai para o Paris Saint-Germain em janeiro, o time do Morumbi terá um novo meia para comandar a ligação entre o meio de campo e o ataque.

"Chega mais um jogador que já passou pela seleção brasileira e tem tudo para voltar, assim como é o Lucas, nível alto. Isso nos dará a certeza de ter um jogador muito qualificado no elenco, um meia que sabe cadenciar o jogo e vai nos ajudar muito", apontou Ney Franco.

A negociação entre São Paulo e Santos durou cerca de um mês, período no qual o meia nunca escondeu o desejo de defender o time tricolor. Até por isso, o Ney Franco fez projeções de como escalar o meia na equipe. Agora, ele prometeu recuperar estes "rascunhos". "Agora dá para tirar o rascunho né (risos). Adiantei o meu serviço e agora é só passar a limpo".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.