Divulgação/ Ipatinga FC
Divulgação/ Ipatinga FC

Jogadoras do Ipatinga pedem dinheiro em sinal para disputa do Campeonato Mineiro

Clube precisa arrecadar fundos para gastos com testes, hospedagem, alimentação e deslocamento

Redação, O Estado de S.Paulo

28 de novembro de 2020 | 18h07

Para a disputa do Campeonato Mineiro de Futebol Feminino, na última terça-feira, jogadoras do Ipatinga foram às ruas da cidade pedir dinheiro no farol a fim de arrecadar fundos para a viagem a Belo Horizonte para o duelo contra o América-MG. Elas conseguiram arrecadar R$ 2.321,00.

A falta de recursos para a disputa de campeonatos de futebol feminino virou rotina, principalmente no contexto da pandemia do novo coronavírus, que diminuiu a capacidade de investimento e manutenção dos clubes e exigiu novos gastos com materiais de higiene, além de máscaras e testes.

Kethleen Azevedo, treinadora e coordenadora do Ipatinga, explicou que gastos com viagem e hospedagem também se tornaram preocupações, que exigiram a ida às ruas para arrecadar dinheiro.

"A gente foi para o sinal para conseguir alguns recursos para jogar um jogo na quinta-feira contra o América em Belo Horizonte. As dificuldades são de deslocamento, hospedagem, alimentação e por causa dos exames de covid-19. Hoje, o exame custa em média R$ 150,00 e testamos 30 pessoas da comissão técnica", contou Kethleen.

Quando o semáforo fechava e o trânsito parava, as jogadoras erguiam cartazes, faziam movimentos de habilidade com a bola e pediam dinheiro aos motoristas.

A coordenadora também contou que as atletas do Ipatinga não recebem salário e que apenas algumas fogem à regra e têm uma ajuda de custo.

"Hoje, os patrocínios que temos a maioria é permuta como academia, fisioterapia, essas coisas. A dificuldade em deslocamento, viagem, hospedagem a gente já sabia que teríamos. Não é vitimismo, é necessidade mesmo", disse a treinadora.

Para evitar gastos excedentes, o clube decidiu fazer viagens rápidos a seus destinos para os compromissos do Campeonato Mineiro. Na maioria dos jogos, a equipe viajará no dia da partida e retornará a Ipatinga logo após o término do encontro.

Em busca de mais recursos para a continuidade da temporada, o clube também criou uma vaquinha virtual, cuja meta é arrecadar R$ 30 mil.

Apenas quatro equipes disputam o campeonato mineiro, os três de Belo Horizonte (Atlético-MG, Cruzeiro e América-MG), além do Ipatinga, que, na estreia, empatou com a equipe celeste em 1 a 1

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.