São-paulinos admitem cansaço em derrota para o Inter em casa

Classificação na Libertadores desgasta time no Brasileirão

Ciro Campos, O Estado de S.Paulo

23 de maio de 2016 | 07h00

Os jogadores do São Paulo e o técnico Edgardo Bauza admitiram que uma das causas da derrota para o Inter no domingo foi o esforço para a classificação à semifinal da Copa Libertadores. O cansaço e a expectativa de voltar a jogar pela competição continental tiraram o foco do time quatro dias depois de eliminar o Atlético-MG, em Belo Horizonte.

O treinador afirmou que o jogo no meio da semana desgastou muito o time tanta na parte física como na psicológica. "Tenho de me contentar com os grandes esforços que fizeram os atletas. O Hudson jogou machucado, fora outros que estavam cansados. Tivemos uma entrega muito grande", disse.

Dos titulares em Belo Horizonte, ficaram fora da partida Thiago Mendes, Rodrigo Caio, Michel Bastos, por problemas físicos, e Mena, que se apresentou à seleção chilena.

Ganso reconheceu que o jogo de quarta-feira interferiu no resultado. "Difícil tirar a cabeça da Libertadores. Fizemos um esforço físico muito grande e sentimos em campo", afirmou.

Bauza, no entanto, disse que não se pode colocar a Libertadores como justificativa para a derrota e relembrou que até a semifinal, dia 6 de julho, o time vai disputar mais 11 partidas, sequência com jogos às quartas e aos domingos, e sem Rodrigo Caio e Mena, convocados para a Copa América.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.