Cesar Greco/Agência Palmeiras
Cesar Greco/Agência Palmeiras

Jogadores adotam discurso diferente de Brunoro no Palmeiras

Dirigente disse que o título do Campeonato Brasileiro não é obrigação. Atletas discordam

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

25 de abril de 2014 | 10h59

SÃO PAULO - O vice presidente executivo do Palmeiras, José Carlos Brunoro, disse, em entrevista ao jornal Lance!, que o título não é obrigação para o clube na temporada mesmo sendo o ano do centenário. Os jogadores palmeirenses não concordaram com o dirigente e fazem questão de reafirmar o quanto o time se cobra para levantar uma taça nesta temporada.

"Esse grupo precisa de título e eu preciso de um título de expressão. Os jogadores entram em campo só pensando no título, com uma ganância grande", disse o volante Josimar, repetindo o discurso já dito por outros jogadores, como Fernando Prass, Lúcio e Alan Kardec.

"O Brunoro está pensando a longo prazo e também poderemos pensar assim, mas disputamos o campeonato e temos que pensar em título", completou o volante palmeirense.

O técnico Gilson Kleina bate bastante na tecla da necessidade do clube conquistar um título nesse ano. Além da importância por ser a temporada do centenário, é a chance também de muitos atletas do elenco conseguirem conquistar um título de expressão.

O elenco é jovem e poucos jogadores já tiveram o gosto de levantar taças importantes na carreira. Um dos mais experientes do elenco, o zagueiro Lúcio é um dos que comandam o time nessa busca pelo título. "Não tem segredo. O mais importante é que temos que jogar sempre pelo time, sem pensar na individualidade. Precisamos entrar em campo com a vontade de sempre vencer", alertou o xerife palmeirense.

A luta pelo título brasileiro continua neste sábado para o Palmeiras, quando a equipe enfrenta o Fluminense, às 21h, no Pacaembu.

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.