Jogadores afegãos desaparecem na Itália

Nove jogadores da seleção de futebol do Afeganistão - que se prepara para um amistoso na Itália - desapareceram nesta terça-feira de um centro de treinamento da cidade de Verona. O time - que faz seu primeiro jogo na Europa em 20 anos - pretende usar o amistoso para arrecadar fundos para um hospital de Cabul. O desaparecimento dos jogadores irritou o treinador da equipe, Mir Ali AsgerAkbarzola. "Estou muito aborrecido com tudo isso", afirmou. ?Se eles retornarem não vão jogar, isso é certo. Há 20 anos nossa seleção não joga na Europa e nosso povo necessita do futebol para manter a esperança?, acrescentou o treinador. Nenhum dos atletas está com passaporte, mas segundo a polícia só serão declarados oficialmente desaparecidos depois de expirado o prazo de permanência deles no país.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.