JF Diorio/Estadão
JF Diorio/Estadão

Jogadores afirmam que Palmeiras poderia ter jogado melhor no Pacaembu

Wesley, autor de dois gols, destaca a conversa do time no vestiário para arrumar o posicionamento

AE, Agência Estado

21 de setembro de 2013 | 20h17

SÃO PAULO - Os jogadores do Palmeiras admitiram que o desempenho diante do Sport, neste sábado, ficou abaixo do esperado, mas comemoraram o triunfo por 2 a 1 no Estádio do Pacaembu, e enalteceram a qualidade do adversário. "Prefiro jogar mal e ganhar sempre. Só nós sabemos das dificuldades", afirmou o zagueiro Vilson, que andou falhando nos desarmes na entrada da área. A leitura do elenco do Palmeiras foi que o gol marcado aos 57 segundos de jogo acabou relaxando o time. De fato, o Palmeiras deixou o adversário tomar a iniciativa e só não foi surpreendido graças às defesas do goleiro Fernando Prass. "Cometemos vários erros e eles tiveram diversas oportunidades para fazer os gols. Ainda bem que o primeiro tempo acabou sem que a gente sofresse gol e aí pudemos corrigir as falhas no intervalo", disse o volante Wesley, herói da partida com dois gols.

Quem também festejou o bom resultado foi Valdivia, que saiu aplaudido pela torcida após mais uma atuação de destaque. Em pé de guerra com a maior organizada do time, a Mancha Verde, o jogador agradeceu o apoio dos torcedores comuns. "Agradeço o carinho". O time ganha dois dias de folga e só se reapresenta na terça-feira. O Palmeiras volta a campo no próximo sábado contra o ameaçado América-RN, novamente no Pacaembu.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasWesleysérie b

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.