Jogadores afirmam que São Paulo renasce na Libertadores

Tricolor vence por 6 a 0 e pula para 2ª posição do Grupo 1

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

06 de abril de 2016 | 00h30

A goleada por 6 a 0 sobre o Trujillanos, nesta terça-feira, mudou completamente o ânimo do São Paulo na disputa da Copa Libertadores. Os jogadores deixaram o gramado do Morumbi aliviados pela primeira vitória na competição e cientes de que a atuação contra a equipe venezuela passou a ser um modelo para o restante da participação do clube no torneio continental.

A noite foi especial para o argentino Calleri. O atacante marcou quatro gols pela primeira vez na carreira e comandou a goleada. "Nunca tinha feito nem três no mesmo jogo. Estou muito contente pela equipe, principlamente pelo nosso primeiro tempo. São três pontos importantes. Se a equipe seguir como está, se continuar bem, podemos fazer boas partidas na Libertadores", comentou.

O jogador tem cinco gols marcados na competição e chegou à marca em jogo que foi marcante para os são-paulinos. O elenco comemorou bastante o resultado. "O importante não foi só vencer, mas pela maneira que jogou, criamos as jogadas, os gols e construímos uma vantagem ampla que pode ser muito importante", disse o meia Ganso. A equipe tinha somado apenas dois pontos nas três primeiras rodadas, com um direito a uma derrota em casa para o The Strongest, da Bolívia.

"Sabíamos da obrigação de vencer esse jogo, do espírito que tínhamos de entrar", comentou o goleiro Denis, capitão da equipe. Na próxima semana o São Paulo volta a atuar no Morumbi pela Copa Libertadores, ao receber o atual campeão, River Plate, na próxima quinta-feira. 

Tudo o que sabemos sobre:
São Paulo FCMorumbiLibertadores

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.