Juan Mabromata|AFP
Juan Mabromata|AFP

Jogadores afirmam que São Paulo se fortalece depois de empate

Time destaca confiança após ficar no 1 a 1 com o River Plate

O Estado de S. Paulo

10 de março de 2016 | 21h59

O elenco do São Paulo valorizou a atuação no empate em 1 a 1 nesta quinta-feira contra o River Plate, em Buenos Aires, pela Copa Libertadores. O time paulista destacou que mais do que o bom resultado, prevaleceu a postura da equipe no confronto contra o atual campeão do torneio, desempenho que deve ser capaz de dar mais autoconfiança para reagir na competição.

O primeiro ponto somado na fase de grupos ameniza a frustração pela derrota em casa na estreia, no Pacaembu, contra o The Strongest. "Jogamos contra o último campeão de igual para igual, em um jogo equilibrado e que o São Paulo poderia ter ganhado. O time se comportou bem. Temos que fazer o torcedor acreditar", disse o zagueiro Lugano, titular pela segunda partida seguida, em entrevista ao SporTV.

O São Paulo saiu na frente no primeiro tempo, com gol de Ganso, e só levou o empate em uma falha de Denis, que ao tentar tirar a bola, a acertou nas costas de Thiago Mendes e levou gol contra. "Valeu pelo que jogamos. Enfrentamos uma grande equipe, fomos guerreiros até o final. O time está de parabéns. Queríamos um resultado positivo para nos ajudar nessa competição. Pela garra, esperamos que no final esse ponto nos ajude", afirmou o meia Michel Bastos.

A equipe retorna a jogar pela Libertadores na próxima semana. A partida contra o lanterna do grupo com duas derrotas, o Trujillanos, em Valera, na Venezuela. "Temos que ter postura diferente, jogando com a mesma seriedade que tivemos. A gente poderia ter ganho. Nossa equipe tem que continuar unida", comentou o volante Thiago Mendes.

O elenco retorna ao Brasil nesta sexta-feira. Logo no dia seguinte o técnico Edgardo Bauza prepara o time titular para no domingo receber o Palmeiras, no Pacaembu, pelo Campeonato Paulista. A partida está marcada para as 11h da manhã.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.