Jogadores alemães lamentam derrota amarga na Euro

A Alemanha estava com a melhor campanha da Eurocopa até as semifinais - quatro vitórias em quarto partidas -, mas sucumbiu perante a Itália, nesta quinta-feira, em Varsóvia. Os dois gols do atacante Balotelli - Özil ainda diminuiu em cobrança de pênalti nos últimos minutos - acabaram com os 100% de aproveitamento e o sonho dos alemães de conquistar o título.

AE, Agência Estado

28 de junho de 2012 | 20h26

Após a derrota, os jogadores tentavam encontrar motivos para a eliminação, depois de quatro boas partidas na competição. "Foi uma derrota muito amarga, mas aconteceu por culpa nossa, pois cometemos erros muito estranhos", afirmou o lateral-esquerdo Philip Lahm, também capitão da equipe. Ele não quis se estender em relação às falhas, mas reconheceu que a Itália também teve méritos. "Eles jogaram uma grande partida taticamente e para nós também faltou um pouco de sorte".

O técnico Joachim Löw considera que "faltou concentração" a seus jogadores, principalmente na primeira etapa. "Na segunda parte do jogo, a equipe melhorou bastante. Vimos, então, uma boa Alemanha. Mas teríamos de ter feito o gol bem antes do que fizemos".

Tudo o que sabemos sobre:
futebolEurocopaAlemanha

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.