Chico Ferreira/Futura Press
Chico Ferreira/Futura Press

Jogadores corintianos convocam torcida para jogo contra o Guaraní

Clube joga quarta-feira e precisa ganhar por três gols de diferença

O Estado de S. Paulo

10 de maio de 2015 | 20h17

Apesar de considerarem a vitória sobre o Cruzeiro por 1 a 0 na estreia do Brasileirão importante, os jogadores do Corinthians pareciam estar com a cabeça no Guarani (PAR). Na saída do gramado da Arena Pantanal, em Cuiabá, os atletas do time alvinegro viram o jogo deste domingo como um impulso para o jogo da próxima quarta-feira, pelas oitavas de final da Copa Libertadores.

"É bom começar o campeonato com o pé direito, com vitória. Agora é se preparar para a batalha de quarta-feira pela Libertadores", afirmou Vagner Love. Assim como o atacante, Edu Dracena, que também foi titular contra o Cruzeiro, espera que o Corinthians engate uma sequência de vitórias. "Conseguimos estrear com vitória, e foi importante até pelos resultados ruins nos dois últimos jogos da Libertadores. Tomara que essa vitoria motivar a gente."

Sabendo que tirar a vantagem de 2 a 0 do time paraguaio será difícil, o defensor espera que o torcedor corintiano compareça no Itaquerão para apoiar o time que entrará em campo frente ao Guaraní. "Tenho certeza que vai ferver o caldeirão na quarta. Temos que lutar para passar na Libertadores porque é o grande objetivo do Corinthians".

Após poupar 10 titulares frente ao Cruzeiro (só Cassio começou jogando dos 11 iniciais), a delegação do Corinthians volta a São Paulo para se preparar para o jogo da volta frente ao Guaraní. Caso ganhe por três gols de diferença, o clube brasileiro enfrentará o vencedor do duelo entre Montevideo Wanderers (URU) e Racing (ARG) pelas quartas de final da Libertadores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.