Amanda Perobelli/Reuters
Amanda Perobelli/Reuters

Jogadores corintianos lamentam gol sofrido no fim contra o Flamengo

Com o empate, time alvinegro perdeu a chance de encostar no G4 e chegar aos 18 pontos

Redação, Estadão Conteúdo

21 de julho de 2019 | 19h18

Os jogadores do Corinthians lamentaram o gol sofrido nos minutos finais do empate por 1 a 1, com o Flamengo, neste domingo, em Itaquera. No lance, o auxiliar de campo do juiz chegou a marcar impedimento de Gabriel. Mas, após a interferência do VAR, o árbitro Leandro Vuaden confirmou o gol e a posição regular do atacante.

"Foi um balde de água fria. Estávamos melhor no segundo tempo. O Cássio fez uma grande defesa no lance, infelizmente sobrou para o Gabigol na mesma linha do nosso jogador", disse Clayson, autor do gol corintiano, de pênalti. "Saímos chateados por sofrer um gol de bola parada. Algo que havíamos treinado muito nos coletivos", lamentou o lateral Danilo Avelar.

Já o lateral Fagner criticou a demora do árbitro de vídeo para validar o gol do Flamengo. Entre o gol e a decisão do VAR se passaram seis minutos. "O lance foi difícil, mas tem de ser mais rápido. Ficamos muito tempo parados. Teve VAR no pênalti e no gol do Flamengo. Não sabemos se o tempo de acréscimo foi pouco", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.