Jogadores criticam violência da PM

Os jogadores do Etti Jundiaí, time que neste domingo garantiu uma vaga na Série A do Campeonato Paulista de 2002, condenaram o procedimento da PM na partida de sábado, quando a equipe perdeu para o Nacional e torcedores invadiram o campo. "Polícia tem que prender bandido, não bater em torcedor", disse o atacante Zinho. O zagueiro Ânderson também não escondeu sua revolta. "O torcedor não deveria ter invadido o campo, mas a polícia não poderia ter agido com tanta violência", disse o zagueiro, que socorreu uma criança no meio do tumulto e a protegeu nos vestiários.

Agencia Estado,

25 de junho de 2001 | 17h20

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.