Jogadores croatas negociam transferências durante a Copa

Os jogadores da Croácia estão se preparando com afinco para a Copa do Mundo há três semanas, mas nem por isso deixam de cuidar do futuro. Desde o início dos treinamentos, três jogadores já trocaram de clube: os meias Nico Kovac e Jarko Leko e o atacante Bosnjiak. Novos negócios devem ocorrer durante o Mundial, pois vários atletas ainda analisam propostas. Os jogadores evitam falar sobre as transferências, para não serem acusados de falta de concentração num momento tão importante para a seleção. Mas é fato que empresários não têm tido muita dificuldade para se encontrar com eles nos hotéis onde a Croácia se hospeda. O exemplo do desconforto dos atletas com as perguntas sobre troca de clube foi dado por Nico Kovac. Ele respondeu com um seco ?é, eu vou para o Salsburg", ao ser questionado sobre sua transferência do alemão Herta Berlim, após três anos, para o clube austríaco. Mais não quis falar. Ivan Bosnjiak também não deu detalhes sobre sua transferência do Dínamo de Zagreb para o Gent, da Bélgica. Foi o novo clube que informou na negociação em seu site e comunicou que na quarta-feira - dia seguinte ao jogo com o Brasil - o atacante vai assinar contrato por três anos. Quem inaugurou a temporada de transferência entre os jogadores croatas foi o meia Jarko Leko. Ele trocou o Dínamo de Kiev, da Ucrânia, pelo Mônaco na semana passada. E Ivan Klasnic, atacante que vai enfrentar o Brasil, pode ser o próximo. Comenta-se que estaria deixando o Werder Bremen.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.