Sebastião Moreira/ EFE
Sebastião Moreira/ EFE

Jogadores culpam minutos iniciais por derrota do Corinthians

Mateus Vital diz que a equipe entrou desligada e não deu tempo para se recuperar

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

03 Maio 2018 | 00h05

O Corinthians perdeu a segunda partida consecutiva, sendo a primeira na Copa Libertadores. Na opinião dos jogadores, o resultado negativo se deu por causa dos minutos iniciais quando levou um gol e foi pressionado na derrota por 2 a 1 para o Independiente, nesta quarta-feira, na Arena Corinthians.

+ Corinthians é surpreendido em casa e perde para o Independiente

+ Corinthians inaugura estátua para ex-jogador Sócrates na Arena

+ Após acordo pontual, Corinthians anuncia novo patrocinador

"Começamos mal o jogo e fomos penalizado com dois gol. A derrota foi pelo início do jogo, que foi muito abaixo do que geralmente a gente apresenta", analisou o volante Gabriel, ainda no gramado da arena corintiana. 

O resultado embolou o grupo 7. Com o resultado, o Corinthians se mantém na liderança, com sete pontos, mas vê Independiente e Deportivo Lara logo abaixo, com seis, e Millonarios com quatro. Na próxima fase, o time brasileiro visita o Deportivo Lara enquanto Millonarios e Independiente se enfrentam na Colômbia.

"Tomamos o gol no começo e tivemos que correr atrás. Conseguimos ter mais organização no segundo tempo, mas faltou um gol. A gente tem que somar o maior número de pontos em casa, mas continuamos líderes", recordou o goleiro Cássio.  

O meia Mateus Vital, que foi substituído ainda no intervalo da partida contra os argentinos, acredita que o Corinthians foi penalizado por ter entrado em campo desligado. "Entramos um pouco desligados. Não é o nosso jogo. Depois do gol, a gente precisou ligar um pouco mais, mas já era tarde. Ainda assim, conseguimos um gol", disse o corintiano.

 

Mais conteúdo sobre:
Corinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.