Jogadores da Albânia são recebidos com festa após briga generalizada

Jogadores da Albânia são recebidos com festa após briga generalizada

Torcedores recepcionam atletas com cânticos no Aeroporto Madre Teresa, na capital Tirana, depois de confusão com sérvios

O Estado de S. Paulo

15 de outubro de 2014 | 11h14

A briga generalizada na partida entre Sérvia e Albânia pelas Eliminatórias da Eurocopa teve gosto de título para os visitantes. Milhares de torcedores albaneses foram recepcionar a chegada dos jogadores no Aeroporto Madre Teresa e fizeram festa pelas ruas da capital Tirana, apesar de a partida da última terça-feira ter sido cancelada após a confusão.

Seguindo o mesmo viés, a imprensa local registrou com bons olhos a confusão em campo, principalmente com a ordem da Uefa, que proibiu os albaneses de acompanharem a partida no estádio, que ocorreu em Belgrado, por causa dos risco de briga entre torcedores dos dois países. O jornal local Shqip descreveu o jogo como "a batalha pela bandeira", e disse "os símbolos albaneses descem dos céus e enlouquecem os torcedores".

A partida entre Sérvia e Albânia foi interrompida aos 41 minutos do primeiro tempo, quando o defensor Stefan Mitrovic foi retirar uma bandeira carregada por um drone até o gramado do Partizan Stadium. Os jogadores albaneses não gostaram da atitude do rival, dando início a uma briga generalizada, onde torcedores locais invadiram o gramado para agredir os oponentes visitantes. O episódio fez com que o árbitro cancelasse o jogo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.