Jogadores da Ponte pensam em seleção

A esperada convocação da seleção brasileira, nesta sexta-feira, está mexendo com a cabeça de alguns jogadores da Ponte Preta que esperam ser lembrados pelo técnico Émerson Leão. Pelo menos quatro deles sonham em defender o Brasil contra o Peru, pelas eliminatórias da Copa do Mundo.A grande fase da Ponte Preta, líder isolada do Campeonato Paulista com 28 pontos, pode ser decisiva para a convocação de seus jogadores. O goleiro Alexandre, o volante Mineiro, o meia Piá e o atacante Washington estão ansiosos pela divulgação da lista, que acontece às 15 horas.Alexandre já defendeu a seleção olímpica em um amistoso contra a Austrália, ano passado. O volante Mineiro participou do grupo no jogo contra a Colômbia, em novembro, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo, também já tendo um retrospecto positivo.Mas quem está animado mesmo é o meia Piá, renegado do Santos e que, em Campinas, se transformou num grande líder.O maior favorito, no entanto, é Washington, artilheiro do Paulistão com 12 gols. O atacante pode ter a missão de substituir Luizão, do Corinthians, que passou recentemente por uma cirurgia no joelho e vai ficar nove meses parado. "Estou fazendo o meu trabalho na Ponte Preta. Se a convocação vier, ótimo, meu objetivo é conquistar o título paulista", disse Washington.Além da convocação, a Ponte também vive a expectativa de manter a liderança no Campeonato Paulista. Se conseguir, o time garante a vantagem de dois resultados iguais na fase semifinal e ainda embolsa R$ 300 mil, oferecidos pela Federação Paulista de Futebol para o campeão da fase de classificação.O primeiro objetivo é passar pelo União Barbarense, adversário de domingo pelo Paulistão. Os desfalques são o zagueiro Rodrigo e o volante Fabinho, que receberam o segundo cartão amarelo na goleada sobre a Portuguesa, por 5 a 1, e cumprem suspensão automática. Seus substitutos são Alex Oliveira e Roberto.A Ponte ainda tem de enfrentar o Remo-PA, pelas oitavas-de-final da Copa do Brasil. A primeira partida está marcada para o dia 26, quinta-feira, às 20h30, no estádio Evandro Almeida, o "Baenão", em Belém. O jogo de volta ainda não foi definido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.