Lucas Figueiredo/CBF
Lucas Figueiredo/CBF

Jogadores da seleção podem movimentar mais de R$ 1 bilhão em transferências

Às vésperas da Copa América, brasileiros estão envolvidos em negociações milionárias na Europa nesta janela

Ciro Campos, Marcio Dolzan, O Estado de S. Paulo

30 de maio de 2019 | 11h24

A participação da seleção brasileira durante a Copa América será marcada por uma espécie de balcão de negócios do futebol europeu. Enquanto a equipe do técnico Tite se dedica à competição, boa parte dos jogadores está envolvida em conversas e especulações de possíveis transferências, inclusive com valores bastante elevados. A expectativa é que os atletas brasileiros possam movimentar até mais de R$ 1 bilhão nesta janela.

Houve um tempo em que circular pela Granja Comary, o CT da seleção em Teresópolis, era uma tarefa simples. A profusão de craques era proporcional à de pessoas que ficavam à volta dos campos de treinos, e conseguir uma aproximação com os ídolos era apenas uma questão de vontade. Quem também era visto com frequência nas dependências da seleção eram empresários e agentes dos jogadores. Hoje, quase ninguém mais chega perto dos atletas no período de preparação para competições – mas nem por isso as negociações nessa época do ano deixam de mexer com os jogadores.

Com a janela de transferência nos principais países europeus perto de abrir, as notícias envolvendo contratações já dominam o noticiário no velho continente. Alguns nomes são mencionados de seis em seis meses, como o do atacante Neymar – a imprensa espanhola especula uma transferência dele para o Real Madrid desde a época em que o jogador atuava pelo Santos. Tudo indica, contudo, que o atacante seguirá no Paris Saint-Germain, apesar do mal-estar provocado com o técnico Thomas Tuchel na semana passada, quando o jogador retornou ao Brasil sem que o treinador soubesse da liberação por parte do clube.

Quem está na mira é outro atacante da seleção, Richarlison. Destaque na temporada pelo Everton, ele é alvo dos milionários Manchester United e Barcelona. O jogador procura evitar o assunto. "Acho que tudo (tem que ser feito) com calma. Agora estou no Everton e estou feliz lá", comentou. "Vejo um monte de notícias saindo aí, mas quem decide é o presidente", completou.  

O atacante ex-Fluminense e América-MG tem sido preservado pelo Everton. O time inglês insiste em não querer vendê-lo por menos de R$ 300 milhões, já que gastou cerca de R$ 230 milhões para tirá-lo do Watford, há cerca de um ano. 

Outro atacante movimenta o noticiário de quatro países do mercado europeu. Atualmente Ajax, da Holanda, David Neres é cobiçado pelo francês PSG, pelo italiano Milan e pelo espanhol Atlético de Madrid. O jogador revelado pelo São Paulo foi um dos destaques do time holandês na Liga dos Campeões e pode ser negociado por cerca de R$ 200 milhões nesta janela.  

A procura dos times europeus contempla também os atacantes Gabriel Jesus e Everton, um dos poucos desta seleção que atua no Brasil. O jogador do Grêmio tem uma multa rescisória de R$ 347 milhões, valor estipulado para protegê-lo do intenso assédio estrangeiro. Ainda assim, Milan, Olympique de Marselha, Manchester City e Sevilla se manifestaram interessados.

Já Gabriel Jesus, titular do Brasil na Copa da Rússia, deve ser colocado à venda pelo Manchester City após ser pouco utilizado na temporada. O meia Philippe Coutinho vive situação semelhante no Barcelona. Segundo o jornal Mundo Deportivo, o clube catalão estuda negociá-lo nesta janela, porém terá a dificuldade de encontrar quem esteja disposto a pagar R$ 440 milhões pela transferência.  

O interesse pelos jogadores não se restringe por quem atua no setor ofensivo. Segundo a revista France Football, o Paris Saint-Germain  estuda oferecer R$ 220 milhões para contratar o volante Allan, destaque do Napoli. "A partir do momento que você veste a camisa da seleção brasileira você está em uma vitrine. Se alguma pessoa não te conhecia, passa a te olhar de maneira diferente", comentou Allan.

O zagueiro Marquinhos é outro nesta lista. A Gazetta Dello Sport publicou que a Juventus está disposta a pagar R$ 270 milhões pelo defensor do Paris Saint-Germain.

JOGADORES DA SELEÇÃO BRASILEIRA EM ALTA NO MERCADO

Allan - Volante do Napoli pode ir para o Paris Saint-Germain por R$ 220 milhões

David Neres - Destaque do Ajax, desperta o interesse de vários times europeus. Negociação pode atingir R$ 200 milhões

Everton - Jogador do Grêmio é observado por europeus e tem multa rescisória de R$ 347 milhões

Gabriel Jesus - Manchester City pode colocar o jogador à venda

Marquinhos - Zagueiro do PSG desperta o interesse da Juventus, que está disposta a pagar R$ 270 milhões, segundo a Gazetta Dello Sport

Neymar - De acordo com a imprensa espanhola, Real Madrid está de olho no atacante

Philippe Coutinho - Segundo o jornal Mundo Deportivo, jogador pode sair do Barça por até R$ 440 milhões

Richarlison - É artilheiro do Everton, que cobra R$ 300 milhões para fazer negócio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.