Jogadores da Ucrânia já garantiram ? 8 milhões em prêmios

Chegar às quartas-de-final representa 8 milhões de euros divididos pelas contas dos jogadores da seleção ucraniana, revelou nesta quarta-feira o técnico do time, Oleg Blokhin. ?Trabalho duro tem de ser bem recompensado?, disse. ?Ou vocês acham que eles jogam só por um muito obrigado?? Para Blokhin, se os jogadores tivessem trabalhado mal na competição, ?não receberiam nem um centavo?.Blokhin não sabe se o prêmio poderá crescer se o time passar às semifinais - comenta-se que pode chegar a 29 milhões de euros - , mas acredita que os ucranianos podem surpreender. ?Quem sabe??, pergunta. ?A pressão está sobre os italianos, que são favoritos. A partir de agora, cada vitória é um prêmio para nós.??Os italianos já ganharam o troféu três vezes e estão a anos-luz de qualquer coisa que já sonhamos. Isso é o que dizemos para nós mesmos todos os dias?, explicou o atacante Shevchenko, que depois da Copa vai para a Inglaterra, jogar pelo Chelsea, depois de sete temporadas no Milan. ?A Itália tem muitos jogadores talentosos e alguns foram meus companheiros. Mas agora eles serão meus adversários na partida mais importante da história da Ucrânia.?Blokhin não gostou de ver o time chamado de ?aborrecido?, depois da partida contra a Suíça, pelas oitavas. E cita Carlos Alberto Parreira para se defender: ?O técnico brasileiro diz que o que importa é a vitória e não a forma como se joga. E ele tem razão.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.