Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE
Pierre Philippe Marcou/AFP<br>
Pierre Philippe Marcou/AFP

JOGADORES DESTAQUES DA COPA AGITAM MERCADO EUROPEU

Estadão faz resumo das transferências dos principais torneios internacionais e lista todos os atletas que mudaram de clube após o Mundial

Vanderson Pimentel, O Estado de S. Paulo

08 de agosto de 2014 | 09h00

Após a Copa do Mundo, jogadores que se destacaram na competição se movimentam para trocar de times na janela de transferências. Um dos principais atletas do Mundial, o colombiano James Rodríguez, artilheiro do torneio, com 6 gols, foi contratado pelo Real Madrid. Outra compra de impacto na Europa foi a de Luis Suárez, que custou 80 milhões de euros (R$ 244 milhões) ao Barcelona e foi a transferência mais cara do mercado de 2014/2015, mesmo suspenso por mais três meses por ter mordido rival italiano. Antes do fechamento da janela europeia, que vai acontecer dia 31 de agosto, o Estadão faz um resumo das contratações dos principais campeonatos da Europa e lista todos os 128 atletas que mudaram de clubes depois de disputarem a Copa de 2014.

ESPANHA

Campeão da Liga dos Campeões, o Real Madrid não poupou esforços para reforçar seu elenco com destaques do Mundial. O clube espanhol anunciou a contratação do tetracampeão Toni Kroos, e garantiu as chegadas do colombiano James Rodríguez, por 80 milhões de euros (R$ 244 milhões) e também do goleiro costarriquenho Keylor Navas, por 10 milhões de euros (R$ 30 milhões), ambos jogadores que valorizaram seus passes após o Mundial.

Por causa da temporada sem títulos, o Barcelona também investiu pesado em seu plantel. Mesmo com a suspensão por quatro meses após mordida em Giorgio Chiellini, o clube gastou 94 milhões de euros (R$ 287 milhões) para tirar o uruguaio Luis Suárez do Liverpool. Além do atacante, o time catalão também garantiu as contratações do croata Ivan Rakitic e do goleiro chileno Claudio Bravo.

Para provar que pode disputar as principais competições do mundo em alto nível novamente, o Atlético de Madrid repôs algumas perdas apostando em nomes de peso. Para substituir Diego Costa, o atual campeão espanhol anunciou a chegada de Mario Mandzukic. Mesmo assim, a principal contratação da equipe de Diego Simeone foi o francês Antoine Griezmann, que custou 30 milhões de euros (R$ 91 milhões) aos cofres do clube.

Dentre outros clubes espanhóis que se reforçaram para a temporada após a Copa, o Malaga foi o grande protagonista anunciando a chegada do goleiro mexicano Guillermo Ochoa, além do lateral marfinense Arthur Boka. Buscando recuperar o seu lugar entre os grandes, o Valencia anunciou o alemão Shkodran Mustafi. Atacante equatoriano de força, Felipe Caicedo abandonou o mundo árabe para jogar pelo Espanyol.

INGLATERRA

Atual campeão inglês, o Manchester City se reforçou com dois jogadores que participaram do Mundial no Brasil. Ex-lateral do Arsenal, Bacary Sagna já havia acertado sua chegada antes de defender a França. Depois de assinar com o New York City, Frank Lampard, que é ídolo no Chelsea, ficará emprestado até o fim do ano para a equipe celeste.

Após perder Luis Suárez para o Barcelona, o Liverpool buscou no mercado atacantes para substituir o uruguaio. O time da terra dos Beatles contratou Adam Lallana e Rickie Lambert, ambos do Southampton, que também vendeu o defensor croata Dejan Lovren ao time. Além dos atacantes, o clube já garantiu a chegada da revelação belga Divock Origi, que ficará emprestado ao Lille por um ano.

Atrás de títulos, o Chelsea, de José Mourinho, reforçou o questionado setor de ataque do time. Destaque no Atlético de Madrid, o brasileiro naturalizado espanhol, Diego Costa, chegou ao clube por aproximadamente 40 milhões de euros (R$ 122 milhões). O jogador terá a concorrência de Didier Drogba, que depois de jogar a Copa com a Costa do Marfim, volta à equipe onde é ídolo depois de dois anos fora. Além deles, o espanhol Cesc Fàbregas já havia acertado sua ida ao time de José Mourinho antes de jogar pela Espanha no Mundial.

Após a frustrante sétima colocação no Campeonato Inglês da temporada passada, o Manchester United promete ser um dos clubes protagonistas do mercado até o fim da janela de transferências. O principal destaque da equipe que esteve na Copa no Brasil é o técnico holandês Louis Van Gaal, que ganhou do Brasil na última partida e ficou com a terceira colocação. Por enquanto, do Mundial, chegou apenas o promissor lateral-esquerdo Luke Shaw. Ele veio por 40 milhões de euros (R$ 122 milhões). Já o Arsenal, que não vence um Campeonato Inglês há 11 anos, investiu para buscar o título. Além do colombiano David Ospina e do francês Mathieu Debuchy, o clube comandado por Arsène Wenger garantiu a contratação do chileno Alexis Sánchez, oriundo do Barcelona e que jogou muito com o Chile.

Entre outros clubes, o Tottenham contratou o goleiro holandês Michel Vorm, enquanto o Everton garantiu a chegada em definitivo de Romelu Lukaku e também do bósnio Muhamed Besic. O Newcastle substituiu Debuchy pelo holandês Daryl Janmaat e contratou o meia francês Remi Cabella. Equipe com orçamento baixo, o West Bromwich anunciou os laterais Cristian Gamboa e australiano Jason Davidson, enquanto os equatorianos Jefferson Montero e Enner Valencia foram adquiridos pelo Swansea e West Ham, respectivamente.

ALEMANHA

Com um elenco já recheado de destaques, inclusive jogadores que fizeram a diferença na Copa do Mundo, como Schweinsteiger, Lahm, Götze e Robben, o Bayern de Munique contratou apenas um jogador que disputou o torneio no Brasil. Reserva da seleção espanhola, o goleiro Pepe Reina deverá ser o substituto imediato de Manuel Neuer no time comandado por Pep Guardiola.

O time que mais chamou a atenção até aqui no mercado alemão foi o Borussia Dortmund. Para a temporada 2014/2015, a equipe de Jürgen Klopp anunciou o atacante Ciro Immobile, que foi o artilheiro do último Campeonato Italiano. Além dele, o clube anunciou o centroavante colombiano Adrián Ramos, o meia sul-coreano Ji Dong-Won, além de Matthias Ginter, que esteve no elenco que conquistou o tetra no Maracanã.

Em busca de campanhas melhores na Liga dos Campeões, o Schalke se acertou com o camaronês Choupo-Moting, enquanto o Bayer Leverkusen anunciou o atacante suíço Josip Drmic. Para seguir surpreendendo, o Borussia Mönchengladbach garantiu a chegada do norte-americano Fabian Johnson e do suíço Yann Sommer. Entre outras contratações, o suíço Valon Behrami se transferiu para o Hamburgo, o bósnio Izet Hajrovic foi para o Werder Bremen, o meia Valentin Stocker rumou ao Hertha Berlin, e Makoto Hasebe, Haris Seferovic e Timothy Chandler foram anunciados pelo Eintracht Frankfurt.

ITÁLIA

Atual tricampeão italiano, a Juventus bancou apenas um destaque da Europa até aqui. Após o término de seu contrato com o Manchester United, o lateral-esquerdo francês Patrice Evra chega ao clube para dar mais experiência ao elenco. Para retornar à Liga dos Campeões, a Inter de Milão resolveu reforçar o seu sistema defensivo. O clube, que agora é presidido pelo indonésio Erik Thohir, garantiu a chegada do chileno Gary Medel, que pode atuar tanto como zagueiro quanto volante. Outra equipe tradicional que também busca voos mais altos, a Lazio ficou de olho na Copa para reforçar o plantel. O grande destaque foi o zagueiro Stefan De Vrij, que chegou do Feyenoord já com pompas de titular. Além do holandês, o clube anunciou o meio campista Marco Parolo, que estava no Parma.

Para reforçar o grupo, o Napoli contratou o goleiro Andújar. Vai ser reserva do brasileiro Rafael. Outro argentino que também rumou para a Itália foi o defensor José Maria Basanta, que defenderá a Fiorentina. Na Udinese, o colombiano Pablo Armero volta à equipe, que também comprou o grego Orestis Karnezis. O país helênico será representado na Itália no Hellas Verona, que adquiriu o meia Christodoulopoulos e o volante Tachtsidis, além do experiente zagueiro mexicano Rafa Márquez.

FRANÇA

Mais uma vez, o Paris Saint-Germain foi o protagonista do mercado de transferências na França. Para a temporada 2014/2015, o clube contratou o brasileiro David Luiz por 60 milhões de euros (R$ 184 milhões) e também o lateral direito marfinense Serge Aurier. Dentre outros jogadores que participaram da Copa e irão jogar em times do país gaulês, o suíço Gelson Fernandes rumou para o Rennes, enquanto o argelino Mehdi Mostefa trocou o rebaixado Ajaccio pelo Lorient.

RÚSSIA

Com diversos clubes sustentados por magnatas do gás natural, o futebol russo vai melhorando o seu campeonato local com grandes contratações. Principal defensor da seleção argentina, o zagueiro Ezequiel Garay trocou o Benfica pelo Zenit. A outra chegada de peso ao torneio nacional do país foi o meia francês Mathieu Valbuena, que saiu do Olympique de Marselha rumo ao Dynamo de Moscou. A Rússia se prepara para receber a próxima Copa do Mundo, e tenta dar um salto em seu futebol.

PORTUGAL

Em Portugal, o Porto gastou mais até agora. Em busca novamente de conquistar o título do Campeonato Português, perdido na temporada passada para o Benfica, o clube anunciou a chegada do ganês Daniel Opare antes da Copa ainda, além do holandês Bruno Martins Indi e também do meia Yacine Brahimi, que disputou o Mundial com a surpreendente Argélia, seu país de origem.

VEJA A LISTA DE TRANSFERÊNCIAS

Brasil

David Luiz - Chelsea - Paris Saint-Germain

Croácia

Sime Vrsaljko - Genoa - Sassuolo

Dejan Lovren - Southampton - Liverpool

Ivan Rakitic - Sevilla - Barcelona

Ante Rebic - Fiorentina - Leipzig

Mario Mandžukic - Bayern de Munique - Atlético de Madrid

Eduardo da Silva - Shakhtar Donetsk - Flamengo

México

Guillermo Ochoa - Ajaccio - Malaga

Francisco Rodríguez - América - Cruz Azul

Rafael Márquez - León - Hellas Verona

Carlos Salcido - Tigres - Chivas

Javier Aquino - Villarreal - Rayo Vallecano

Oribe Peralta - Santos Laguna - América

Camarões

Eric Maxim Choupo-Moting - Mainz 05 - Schalke 04

Benjamin Moukandjo - Nancy - Reims

Espanha

Pepe Reina - Napoli - Bayern de Munique

Cesc Fàbregas - Barcelona - Chelsea

David Villa - Atlético de Madrid - Melbourne City

Diego Costa - Atlético de Madrid - Chelsea

Holanda

Michel Vorm - Swansea City - Tottenham

Daryl Janmaat - Feyenoord - Newcastle

Stefan de Vrij - Feyenoord - Lazio

Bruno Martins Indi - Feyenoord - Porto

Chile

Claudio Bravo - Real Sociedad - Barcelona

Miiko Albornoz - Malmo FF - Hannover 96

Mauricio Isla - Juventus - Queens Park Rangers

Gary Medel - Cardiff - Inter de Milão

Gonzalo Jara - Nottingham Forest - Mainz 05

Jean Beausejour - Wigan - Colo-Colo

José Pedro Fuenzalida - Colo-Colo - Boca Juniors

Alexis Sánchez - Barcelona - Arsenal

Mauricio Pinilla - Cagliari - Genoa

Austrália

Ivan Franjic - Brisbane Roar - Torpedo Moscou

Jason Davidson - Heracles Almelo - West Bromwich

Matthew Leckie - FSV Frankfurt - Ingolstadt

Adam Taggart - Newcastle Jets - Fulham

Colômbia

David Ospina - Nice - Arsenal

Pablo Armero - West Ham - Udinese

James Rodríguez - Monaco - Real Madrid

Adrián Ramos - Hertha Berlin - Borussia Dortmund

Grécia

Orestis Karnezis - Granada - Udinese

Stefanos Kapino - Panathinaikos - Mainz 05

Lazaros Christodoulopoulos - Bologna - Hellas Verona

Panagiotis Tachtsidis - Torino - Hellas Verona

Theofanis Gekas - Konyaspor - Akhisar Belediyespor

Costa do Marfim

Serge Aurier - Toulouse - Paris Saint-Germain

Arthur Boka - Stuttgart - Malaga

Didier Drogba - Galatasaray - Chelsea

Japão

Makoto Hasebe - Nuremberg - Eintracht Frankfurt

Hiroshi Kiyotake - Nuremberg - Hannover 96

Yoichiro Kakitani - Cerezo Osaka - Basel

Yuya Osako - 1860 München - Köln

Uruguai

Jorge Fucile - Porto - Nacional

Nicolás Lodeiro - Botafogo - Corinthians

Egídio Arévalo Ríos - Morelia - Tigres

Luis Suárez - Liverpool - Barcelona

Costa Rica

Keylor Navas - Levante - Real Madrid

Cristian Gamboa - Rosenborg - West Bromwich

José Miguel Cubero - Herediano - Blackpool

Randall Brenes - Cartaginés - Sandnes Ulf

Inglaterra

Luke Shaw - Southampton - Manchester United

Frank Lampard - Chelsea - Manchester City

Adam Lallana - Southampton - Liverpool

Rickie Lambert - Southampton - Liverpool

Itália

Marco Parolo - Parma - Lazio

Ciro Immobile - Torino - Borussia Dortmund

Suíça

Yann Sommer - Basel - Borussia Mönchengladbach

Roman Bürki - Grasshopper - Freiburg

Philippe Senderos - Valencia - Aston Villa

Valon Behrami - Napoli - Hamburgo

Valentin Stocker - Basel - Hertha Berlin

Gelson Fernandes - Freiburg - Rennes

Haris Seferovic - Real Sociedad - Eintracht Frankfurt

Josip Drmic - Nuremberg - Bayer Leverkusen

Equador

Juan Carlos Paredes - Barcelona de Guayaquil - Watford

Jefferson Montero - Morelia - Swansea City

Fidel Martínez - Tijuana - Universidad de Guadalajara

Felipe Caicedo - Al Jazira - Espanyol

Enner Valencia - Pachuca - West Ham

França

Mathieu Debuchy - Newcastle - Arsenal

Bacary Sagna - Arsenal - Manchester City

Patrice Evra - Manchester United - Juventus

Rémy Cabella - Montpellier - Newcastle

Mathieu Valbuena - Olympique de Marselha - Dynamo de Moscou

Antoine Griezmann - Real Sociedad - Atlético de Madrid

Honduras

Osman Chávez - Wisla Kraków - Qingdao Jonoon

Brayan Beckeles - Olimpia - Boavista

Mario Martínez -  Real España - Barcelona de Guayaquil

Luis Garrido - Olimpia - Houston Dynamo

Jorge Claros - Motagua - Sporting Kansas City

Marvin Chávez - Colorado Rapids - Chivas USA

Jerry Bengtson - New England Revolution- Belgrano

Argentina

Mariano Andújar - Catania - Napoli

Ezequiel Garay - Benfica - Zenit

José María Basanta - Monterrey - Fiorentina

Bósnia

Ermin Bicakcic - Eintracht Braunschweig - Hoffenheim

Toni Šunjic - Zorya - Kuban Krasnodar

Muhamed Bešic - Ferencvaros - Everton

Izet Hajrovic - Galatasaray - Werder Bremen

Irã

Daniel Davari - Daniel Davari - Grasshopper

Jalal Hosseini - Persepolis - Al-Ahli

Ahmad Alenemeh - Naft Tehran - Tractor Sazi

Javad Nekounam - Al-Kuwait - Osasuna

Ashkan Dejagah - Fulham - Al-Arabi

Reza Ghoochannejhad - Charlton Athletic - Al Kuwait

Nigéria

Ejike Uzoenyi - Mamelodi Sundowns - Enugu Rangers

Alemanha

Matthias Ginter - Freiburg - Borussia Dortmund

Shkodran Mustafi - Sampdoria - Valencia

Toni Kroos - Bayern de Munique - Real Madrid

Portugal

Eduardo - Braga - Dinamo de Zagreb

Ricardo Costa - Valencia - Al-Sailiya

Gana

Daniel Opare - Standard Liège - Porto

Jordan Ayew - Sochaux - Lorient

EUA

DaMarcus Beasley - Puebla - Houston Dynamo

Timothy Chandler - Nuremberg - Eintracht Frankfurt

Fabian Johnson - Hoffenheim - Borussia Mönchengladbach

Bélgica

Thibaut Courtois - Atlético de Madrid - Chelsea

Argélia

Raïs M'Bolhi - CSKA Sofia - Philadelphia Union

Madjid Bougherra - Lekhwiya - Al Fujairah

Essaïd Belkalem - Watford - Trabzonspor

Carl Medjani - Valenciennes - Trabzonspor

Rafik Halliche - Académica - Qatar SC

Mehdi Mostefa - Ajaccio - Lorient

Yacine Brahimi - Granada - Porto

Saphir Taïder - Inter de Milão - Southampton

Rússia

Andrey Eshchenko - Anzhi Makhachkala - Kuban Krasnodar

Maksim Kanunnikov - Amkar Perm - Rubin Kazan

Coreia do Sul

Ji Dong-Won - Augsburg - Borussia Dortmund

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.