Jogadores do Bahia escapam de agressão

Os jogadores do Bahia quase apanharam ao desembarcar hoje cedo no aeroporto de Salvador. Torcedores revoltados com mais uma fiasco da equipe, a derrota por 3 a 2 para o Sport, terça-feira, em Recife (que deixou o time baiano na beira para o rebaixamento à terceira divisão) só não agrediram os jogadores devido à intervenção de seguranças e policiais militares. Os jogadores entraram rápido no ônibus e deixaram o aeroporto ouvindo xingamentos e vaias. O que mais chateou a torcida do Bahia, a maior do Nordeste, foi o fato do time estar vencendo por 2 a 0 até os 32 minutos do segundo tempo, permitindo que o Sport virasse o jogo, fazendo 3 gols em apenas 12 minutos. Após a partida torcedores já ligavam para as rádios de Salvador prometendo esperar os jogadores para "baixar o pau". Um dos mais exaltados disse que se pudesse dava "um tiro na cara" dos atletas. Uma vitória diante do Sport praticamente livraria o Bahia do rebaixamento. Contudo, a derrota vai obrigar o time a vencer as duas partidas que restam contra o Santo André, na Fonte Nova, e o Paulista, em Jundiaí, se quiser permanecer na segundona. O Bahia tem 22 pontos e ocupava hoje a 16ª colocação, mas deve voltar à zona de rebaixamento com o complemento da rodada da série B.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.