Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Corintianos admitem vacilo antes do gol no fim contra o Sport

Equipe quase vê vitória escapar mesmo abrindo 3 a 1 no placar

RAPHAEL RAMOS, O Estado de S. Paulo

13 de agosto de 2015 | 00h41

Os jogadores do Corinthians reconheceram que complicaram nesta quarta-feira um jogo que poderia ter sido mais fácil para a equipe no Itaquerão. O time chegou a abrir 3 a 1 no segundo tempo diante do Sport, mas cedeu o empate e só garantiu a vitória por 4 a 3 nos minutos finais, com um pênalti cobrado por Jadson.

"Erramos algumas coisas e acabamos dando oportunidade ao Sport. Temos de dar parabéns ao [Guilherme] Arana, que errou no lance do gol, mas teve personalidade na frente para fazer o lance do pênalti. Mostra que temos um elenco muito forte", disse o meia Renato Augusto.

Jadson admitiu que o Corinthians vacilou na etapa final, mas destacou o poder de reação da equipe. "Nossa equipe conseguiu abrir 3 a 1, mas deu dois gols para eles. Temos de corrigir. Estamos de parabéns pela entrega", afirmou o meia, artilheiro da equipe no Campeonato Brasileiro, com sete gols. Com a vitória desta quarta-feira, o Corinthians assumiu a liderança do Campeonato Brasileiro. O time chegou aos 37 pontos, um a mais do que o Atlético-MG, que nesta quinta-feira recebe o Grêmio no Mineirão.

O time alvinegro volta a campo no domingo, quando enfrenta o Avaí fora de casa. O zagueiro Felipe deve retornar de suspensão no lugar de Edu Dracena. O lateral-esquerdo Uendel, que teve de ser substituído no intervalo do jogo com o Sport após sentir dores na coxa direita, é dúvida.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.