Ricardo Duarte/Divulgação
Ricardo Duarte/Divulgação

Jogadores do Corinthians comemoram resultado em Porto Alegre

Corintianos comemoram o fato de não perder fora de casa

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

13 de abril de 2017 | 00h09

O elenco do Corinthians deixou o Beira Rio satisfeito com o empate por 1 a 1 com o Internacional, nesta quarta-feira, em Porto Alegre. O resultado faz com que o time alvinegro possa avançar até com um empate sem gols na Arena Corinthians, quarta-feira que vem, para se classificar para as oitavas de final. 

"Eu achei que o resultado foi bom. Lógico que o intuito é sempre vencer, mas o empate com gols é algo importante. Não entramos em campo pensando assim, mas o fato é que o empate sem gols nos dá a classificação. Foi um jogo bem disputado, com chances para os dois lados. O time lutou, brigou e teve até mais chances que a equipe adversária. Estamos de parabéns", analisou o goleiro Cássio. 

O técnico Fábio Carille acredita que a partida desta quarta-feira foi a melhor do Corinthians em partidas fora de casa. "Dos jogos fora de casa, com certeza, foi o melhor. Fizemos bons jogos em casa. Contra o Palmeiras, fomos bem enquanto estava 11 em cada lado e contra o Santos também jogamos bem, mas hoje (quarta-feira) foi a melhor partida do Corinthians jogando sob o meu comando fora de casa", analisou.

O zagueiro Pablo destaca que houve falhas do time, mas a equipe conseguiu se superar e volta para São Paulo com um bom resultado. "A gente sabe que jogar aqui é sempre difícil. O Inter é uma equipe qualificada, tivemos algumas falhas, o que é normal pelas dificuldades que o adversário nos impôs. Mas fizemos o gol que é importante para decidir o jogo em casa", comentou. 

O elenco corintiano volta para São Paulo nesta quinta-feira, no começo da tarde. Na sexta-feira, o time se reapresenta pela manhã e já mira suas atenções para o clássico com o São Paulo, domingo, no Morumbi.

Notícias relacionadas
Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.