Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

Jogadores do Corinthians evitam euforia e destacam 'inteligência' para derrotar o Palmeiras

Time alvinegro se mostra mais eficiente e derrota o Palmeiras por 2 a 0, no Allianz Parque

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

13 de julho de 2017 | 00h11

São 116 dias sem derrotas, sete rodadas sem levar gol, 27 jogos de invencibilidade e oito pontos de diferença para o segundo colocado. Assim, o Corinthians vai superando adversários e a vitória sobre o Palmeiras por 2 a 0, faz com que aumente a vantagem para 16 pontos diante do rival. Mesmo com tantos números favoráveis, os corintianos evitaram euforia exagerada.

“A equipe está consistente e taticamente muito bem. Conseguimos imprimir o nosso ponto forte e nos defendemos bem, com inteligência. Temos muito campeonato pela frente, mas a verdade é que hoje fizemos uma grande partida”, disse o zagueiro Pablo, um dos destaques do clássico.

O lateral-esquerdo Guilherme Arana disse que o time mostrou inteligência e por isso saiu vitorioso. “Entramos para ganhar, claro, mas ficamos mais atrás, pois esperávamos um adversário vindo para cima. Ficamos felizes pela nossa estratégia ter sido eficiente.”

No outro lado do campo, Fagner destaca o padrão tático e o fato do time não se deixar levar pelo clima quente do clássico. “Repetimos o padrão tático que tem dado certo nos jogos e estamos de parabéns pela vitória e por tudo que está sendo feito ao longo do campeonato”, comentou o lateral-direito.

Para o jogo contra o Atlético-PR, no sábado, o Corinthians não poderá contar com o meia Rodriguinho e o lateral-esquerdo Guilherme Arana, pois ambos receberam o terceiro cartão amarelo diante do Palmeiras.

Tudo o que sabemos sobre:
Corinthiansfutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.