TV Estadão | 10/09/2015
TV Estadão | 10/09/2015

Jogadores do Corinthians lamentam empate em casa

Após 1 a 1 com o Grêmio, time perde 'gordura' na liderança

RAPHAEL RAMOS, O Estado de S.Paulo

10 de setembro de 2015 | 00h34

O empate desta quarta-feira com o Grêmio aumentou a pressão em cima do Corinthians e os jogadores admitem que o time não pode pensar em outro resultado que não seja a vitória sobre o Joinville, neste domingo, novamente no estádio Itaquerão. Em caso de derrota, o Atlético Mineiro pode igualar a pontuação do Corinthians e assumir a liderança por causa do numero de vitórias.

"Em casa a gente poderia ter vencido. Tivemos chance para isso, mas infelizmente não aconteceu. Vamos jogar de novo em casa e temos a obrigação de vencer", afirmou o atacante Vagner Love.

Autor do gol do Corinthians, o meia Renato Augusto lamentou o empate. "Não é para comemorar, não. Tem de lamentar, tivemos ainda uma chance com o Rildo. No segundo tempo tivemos chances de vencer. Nossa intenção era ficar na frente até a volta do Elias (da seleção brasileira). Mantivemos uma vantagem boa, uma gordurinha, agora é continuar trabalhando", disse.

O goleiro Cassio destacou o poder de reação da equipe após o gol do Grêmio. "A equipe se comportou bem no segundo tempo, depois que tomou o gol conseguiu manter um padrão de jogo. Conseguimos atacar, fizemos o gol, depois o goleiro fez uma grande defesa", afirmou.

Com dores musculares na coxa esquerda, o lateral-esquerdo Guilherme Arana será avaliado nesta quinta-feira pelo departamento médico. O técnico Tite espera o retorno de Uendel, que se recupera de lesão na coxa esquerda. Caso contrário, deverá improvisar Yago novamente no setor.

CASA CHEIA

Para o jogo de domingo, a expectativa é de recorde de público no Itaquerão. O clube informou no início da noite destas quarta-feira que os ingressos já estavam esgotados. A carga de bilhetes colocada à venda não foi divulgada, mas deve superar a marca de 41.014 pagantes do jogo contra o Cruzeiro, pela 20.ª rodada. Será o primeiro jogo do Corinthians às 11 horas neste Campeonato Brasileirão.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansRenato Augusto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.