Jogadores do Corinthians pedem sigilo

Os jogadores do Corinthians divulgaram nesta quinta-feira um comunicado pedindo para que a imprensa pare de publicar os valores de seus salários. Motivo: temem por sua própria segurança. O maior temor é com relação à recente onda de seqüestros. Só nos últimos seis meses as mães de quatro jogadores profissionais (Robinho, Grafite, Rogério e Luís Fabiano) foram seqüestradas. A mãe de Luís Fabiano, aliás, continua desaparecida."Acho importante que esse tipo de informação, como salários, não seja divulgada para nossa própria segurança", disse o zagueiro e capitão do time, Anderson.Leia abaixo o comunicado na íntegra: "Nós, jogadores do Sport Club Corinthians Paulista, com o apoio da direção do clube, pedimos a compreensão da imprensa no sentido de minimizar um problema que aflige toda nossa sociedade e, mais recentemente, os atletas de futebol e suas famílias: a falta de segurança.Gostaríamos de pedir a gentileza de que não fossem mais publicados os valores de nossos salários. Com o crescente número de seqüestros de parentes de jogadores, acreditamos que essa informação possa fazer com que nos tornemos alvos ainda maiores desse tipo de situação.Entendemos que tal informação pode se tornar notícia em algumas situações, mas acreditamos também que os salários individuais possam ser suprimidos, para que sejam diminuídos os riscos.Alguns órgãos de imprensa já possuem a visão de que certas informações podem colocar em perigo a vida e a segurança das pessoas. Um exemplo disso é a não-divulgação de casos de seqüestros quando os familiares das vítimas pedem sigilo.Nossa sugestão pode ser aceita com uma justificativa parecida. Sem mais, atenciosamente. Grupo de jogadores do Sport Club Corinthians Paulista."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.