Divulgação/Vipcomm - 12/04/2010
Divulgação/Vipcomm - 12/04/2010

Jogadores do Cruzeiro admitem que Ipatinga foi melhor

'A gente não jogou como tem que se jogar uma decisão em casa, fomos mornos no jogo', reconhece Thiago Heleno

AE, Agência Estado

19 de abril de 2010 | 08h27

Os jogadores do Cruzeiro pediram desculpas pela derrota que tirou o time da final do Campeonato Mineiro, no domingo, no Mineirão, e reconheceram os méritos do Ipatinga. Os visitantes vão enfrentar o Atlético-MG na decisão do estadual.

Veja também:

linkIpatinga surpreende, derruba Cruzeiro e vai à final

"A equipe não conseguiu jogar, jogamos 20 minutos do primeiro tempo, a partir daí o Ipatinga controlou. Deu uma pane no nosso sistema, perdemos o foco. Começamos melhor no segundo tempo, mas voltamos a pecar e o real aspecto é que o Ipatinga foi melhor em todos os momentos", admitiu o goleiro Fábio, após a derrota por 3 a 1.

O meia Gilberto, um dos jogadores mais experientes do elenco, também elogiou o rival. "Não é fácil perder um jogo desses, agora é acreditar no grupo. Faz parte da vida, as vitórias e as derrotas. Não é fácil, mas é ter a cabeça no lugar. Estar com a cabeça erguida. Hoje, o Ipatinga foi melhor e mereceu ir à final".

"Pedimos desculpas ao torcedor para não termos chegado ao nosso objetivo. Vou continuar trabalhando, tentando fazer o melhor com a camisa do Cruzeiro, para que o Cruzeiro continue sempre conquistando os títulos", completou.

O atacante Thiago Heleno reconheceu que o Ipatinga foi melhor ao aproveitar os espaços proporcionados pelo Cruzeiro. "A gente não jogou como tem que se jogar uma decisão em casa, demos espaços para o Ipatinga, fomos mornos no jogo. O Ipatinga mereceu vencer. Temos que assumir a responsabilidade, o Ipatinga foi melhor e mereceu ir para a final", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.