Vinniciu Silva/Cruzeiro
Vinniciu Silva/Cruzeiro

Jogadores do Cruzeiro admitem que time errou demais e foi inferior ao Inter

Equipe mineira perde por 3 a 0 no Beira-Rio e é eliminado na semifinal da Copa do Brasil

Redação, Estadão Conteúdo

05 de setembro de 2019 | 00h18

Após a derrota por 3 a 0 para o Internacional e a eliminação da Copa do Brasil, os jogadores do Cruzeiro foram unânimes ao afirmar que a equipe errou muito, especialmente no segundo tempo, e não conseguiu desempenhar um futebol de nível suficiente para seguir na competição.

"Ficou evidente no segundo tempo que a gente errou muito. A gente precisava do resultado e tomamos decisões que não eram para serem tomadas, um pouco de pressa na hora do passe", disse o lateral-esquerdo Dodô.

"O Inter mereceu, jogou melhor. A gente teve uma boa chance no início, poderia ter mudado a história do jogo, mas é assim mesmo. Futebol é feito de bola na rede. A gente não conseguiu, parabéns ao Inter que está classificado para a final", completou.

Capitão do time, o goleiro Fábio teve discurso semelhante e viu uma queda de produção após o primeiro gol sofrido, nos minutos finais da primeira etapa. "O time estava bem até sofrer o primeiro gol num lance de desatenção. Erramos muitos passes, demos a possibilidade para o Inter criar jogadas. Eles souberam aproveitar", analisou.

Já pensando na sequência do Campeonato Brasileiro, com o Cruzeiro brigando contra o rebaixamento, Marquinhos Gabriel disse que espera que a eliminação sirva para que o elenco não volte a cometer os mesmos erros.

"A gente leva como lição esse jogo que teve hoje para não cometer esses erros nos próximos jogos. Temos uma sequência que vai ser decisiva no Campeonato Brasileiro e temos que seguir em frente e aprender com a derrota de hoje", afirmou o meia canhoto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.