Jogadores do Cruzeiro comemoram maior tempo de preparação para Libertadores

Após buscar a classificação na Copa Libertadores, na terça-feira, o Cruzeiro conheceu na noite passada seu adversário das oitavas de final, o São Paulo. E, nesta quinta, descobriu que entrará em campo apenas no dia 6 de maio, para o jogo de ida. Como a equipe já foi eliminada do Campeonato Mineiro, terá 13 dias livres de compromissos para treinar até a partida no Morumbi.

Estadão Conteúdo

23 de abril de 2015 | 20h29

O bom período de preparação foi comemorado pelo elenco. "Esse período é bom para recuperar os jogadores que estão fora de jogo. Também podemos usá-lo para nos preparar, para buscar aprimorar as coisas boas que temos feito e, principalmente, para corrigir os nossos erros. Trabalharemos forte para que possamos chegar preparados na partida do Morumbi", comentou o volante Henrique.

O meia Marquinhos se mostra ansioso para entrar em campo, em razão das duas semanas em partidas. "A gente fica ansioso para estar em campo e fazer nosso papel. Agora trabalharemos durante a semana já visando o adversário. O descanso é válido para chegar em campo mais tranquilo, mas temos de estar motivado em qualquer situação", declarou.

Projetando o confronto com o São Paulo, a dupla de jogadores tem discurso semelhante. "Futebol se ganha dentro de campo. Tenho certeza que será um jogo muito disputado e vamos fazer de tudo para conseguir a vitória", disse Henrique. "Futebol se revolve em campo. Temos de estar preparados para enfrentar o São Paulo", reforçou Marquinhos, mantendo a confiança apesar das oscilações do Cruzeiro na fase de grupos da Libertadores.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCruzeiroMarquinhosHenrique

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.