Jogadores do Fla ficaram 'chateados' com críticas de Jayme, diz Jorge

O lateral-esquerdo Jorge reclamou nesta terça-feira das declarações do técnico Jayme de Almeida ao fim da derrota do Flamengo para o Atlético-PR, por 3 a 0, no domingo. Incomodado, o jogador disse que ele e seus companheiros ficaram "chateados" com as críticas do interino, que substitui o demitido Oswaldo de Oliveira nestes últimos jogos do Brasileirão.

Estadão Conteúdo

01 de dezembro de 2015 | 16h01

"Os jogadores, com certeza, ficaram chateados, tristes com o que ele falou. Quando perde, todo mundo fica completamente chateado", afirmou o lateral, que disse que até entende a reação do treinador. "Posso até dizer que concordo com ele, pelo o que ele falou. Depois da saída do Oswaldo, ele queria uma grande vitória."

No domingo, depois da derrota em Curitiba, Jayme criticou a postura do elenco do Flamengo na Arena da Baixada. "Estou envergonhado pelo que aconteceu hoje. Perder ou ganhar faz parte do esporte, mas a forma como perdeu não é digna. Foi muito triste, uma coisa que eu não esperava. A forma como o time entrou e jogou foi decepcionante. Não é jogar bem ou mal, foi a falta de interesse", reclamou o interino, no domingo.

No mesmo dia, o zagueiro e capitão Wallace reclamou das declarações. Nesta terça, foi a vez de Jorge. "Todo mundo sabe que é muito difícil ganhar do Atlético lá dentro. Ninguém gosta de perder, todo mundo fica chateado, fica bravo", declarou o lateral, que prefere pensar em 2016.

"Oscilamos muito [neste ano], mas queremos chegar em 2016 e evoluir pensando como foi em 2015. O Flamengo tem que brigar por Libertadores e títulos", afirmou Jorge, que evitou opinar sobre o próximo treinador do Flamengo. "Hoje no mercado há técnico excelentes, então o próximo que chegar no clube vai nos ajudar."

As especulações sobre o treinador do Flamengo aumentaram nesta terça com a promessa da oposição de contratar o argentino Jorge Sampaoli caso vença as eleições no dia 7, próxima segunda-feira. Eduardo Bandeira de Melo, candidato à reeleição, já indicou que pretende contratar Muricy Ramalho.

TREINO - O elenco do Flamengo se reapresentou nesta manhã depois da derrota fora de casa. Aqueles jogadores que não foram titulares no domingo participaram de treino técnico em espaço reduzido sob o comando de Jayme de Almeida. Os demais ficaram na academia. Guerrero e Ederson seguem fazendo tratamento. Emerson e Jorge treinaram em separado.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFlamengoJorgeJayme de Almeida

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.