Lucas Merçon / Fluminense
Lucas Merçon / Fluminense

Jogadores do Fluminense admitem oscilações no 1º tempo: 'Que sirva de lição'

Egídio afirma que time tomou dois gols de bobeira e Digão critica primeiro tempo da equipe

Redação, Estadão Conteúdo

10 de setembro de 2020 | 00h30

Após a derrota por 2 a 1 para o Flamengo, os jogadores do Fluminense deixaram o gramado do Maracanã reclamando da irregularidade do time, que demorou para conseguir equilibrar as ações contra o rival.

O Flamengo foi muito superior no primeiro tempo e construiu a vantagem com facilidade nos minutos iniciais. Filipe Luís abriu o placar aos sete minutos e Gabigol marcou o segundo aos 33. O gol do Fluminense só saiu nos acréscimos do segundo tempo.

"Infelizmente tomamos dois gols de bobeira. No segundo tempo voltamos bem melhor, agredindo eles. Pena que só conseguimos fazer o gol quando já era tarde demais, mas vamos seguir trabalhando para melhorar nos próximos jogos", analisou o lateral Egídio.

Autor do gol, o zagueiro Digão teve discurso semelhante, mas foi ainda mais duro em relação ao desempenho do Fluminense. "Fico feliz pelo gol, mas triste pela derrota. A gente fez um primeiro tempo muito ruim, depois não dá pra correr atrás. Que sirva de lição para as próximas rodadas", afirmou o zagueiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.