Jogadores do Inter declaram apoio a atletas corintianos

A invasão de campo de torcedores do Corinthians ao CT do clube, ocorrida no último sábado, segue repercutindo. Nesta quinta-feira, os jogadores do Internacional divulgaram uma nota no site oficial da equipe gaúcha, na qual manifestavam apoio aos atletas corintianos e a "qualquer decisão que possa ser tomada". Uma greve no Campeonato Paulista neste final de semana está sendo cogitada.

AE, Agência Estado

06 de fevereiro de 2014 | 13h09

"Os atletas do Sport Club Internacional se solidarizam e apoiam os companheiros de profissão do Sport Club Corinthians Paulista após os episódios do último dia 1 de fevereiro. Deixamos claro que estamos ao lado dos nossos colegas de trabalho em qualquer decisão que possa ser tomada, visando proteger a integridade de todos os profissionais e pessoas envolvidas com o futebol, especialmente os torcedores que vão aos estádios", dizia a nota.

No último sábado, cerca de 100 torcedores do Corinthians invadiram o CT Joaquim Grava, revoltados com a goleada por 5 a 1 sofrida no clássico diante do Santos, no dia 29 de janeiro. Funcionários do clube foram ameaçados e agredidos e o atacante Paolo Guerrero chegou a ser "esganado". Diante da violência, os atletas do Inter fizeram questão de mostrar apoio, apesar da crescente rivalidade entre os clubes nos últimos tempos.

"Sabemos que o ocorrido no final de semana poderia acontecer com qualquer um de nós em seu respectivo clube e, diante disso, precisamos lutar para que fatos desta magnitude não continuem manchando o futebol brasileiro. Qualquer rivalidade deve ser deixada de lado para garantir que o nosso esporte continue tendo essa admiração e seja um divertimento e lazer para os torcedores, não uma praça de guerra, que afasta famílias e gente de bem dos jogos."

Por fim, a nota pedia paz aos torcedores no clássico Gre-Nal, que acontecerá neste domingo, na Arena do Grêmio, pelo Campeonato Gaúcho. "Aproveitando a oportunidade, gostaríamos de pedir paz no clássico Gre-Nal do final de semana. Que todos se dirijam à Arena com a intenção de apoiar e torcer para o seu time, não agredir, brigar ou causar confusões que possam prejudicar seu clube de coração. O verdadeiro torcedor não age com violência, mas sim com apoio à sua equipe."

Tudo o que sabemos sobre:
futebolInterCorinthiansinvasão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.