Jogadores do Inter valorizam recuperação do time

A equipe atuou melhor do que contra o Mazembe e venceu por 4 a 2 a decisão de terceiro lugar

AE, Agência Estado

18 de dezembro de 2010 | 14h18

O Inter teve apenas quatro dias para se recuperar da dura e inesperada derrota para o Mazembe. Mas conseguiu. Com a vitória sobre o Seongnam por 4 a 2, neste sábado, em Abu Dabi, o time gaúcho garantiu a terceira colocação no Mundial de Clubes, numa reabilitação que, segundo os jogadores, comprova a força desse grupo.

Veja também:

link Internacional vence e garante o terceiro lugar no Mundial de clubes  

 

 "Mesmo com semblante de tristeza e derrota, demos uma demonstração de quem veste a camisa do Inter tem que ter muita garra", afirmou o atacante Alecsandro, que ainda citou a "dignidade" e a "honra" dos jogadores do time gaúcho para enfrentar o Seongnam depois do trauma da derrota para o Mazembe na semifinal do campeonato.

"Todo mundo sentiu a derrota, cada um da sua forma. Não é um torneio qualquer", lembrou o também atacante Rafael Sóbis, outro titular do time. "O maior mérito do grupo foi levantar a autoestima para jogar esse jogo. A queda foi grande, mas tivemos a consciência de treinar e jogar pelos nossos familiares e torcedores."

"A gente ficou muito machucado. Mas a gente conversou muito sobre o nosso ano todo, botou na cabeça que tinha que ter essa vitória. Não era justo acabar o ano como derrotado, num ano em que conquistamos a Libertadores", explicou o meia Tinga. "É bom acabar o ano com uma vitória, ajuda um pouquinho", completou Rafael Sóbis.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolMundialInter

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.