Martin Meissner/AP
Martin Meissner/AP

Jogadores do Málaga admitem baque com eliminação nos minutos finais

Dois gols nos acréscimos eliminaram time espanhol da Copa dos Campeões

Agência Estado,

09 de abril de 2013 | 19h56

DORTMUND - Ser eliminado de uma competição importante como a Copa dos Campeões já é difícil de aceitar. Mas cair com dois gols nos acréscimos, depois de ter a vaga na mão, é ainda mais doloroso. Os jogadores do Málaga sentiram na pele esta dor ao verem o Borussia Dortmund conquistar uma vitória história por 3 a 2, nesta terça-feira, na Alemanha, avançando às semifinais da Liga dos Campeões.

O brasileiro Felipe Santana marcou aos 48 minutos do segundo tempo e encerrou o sonho do time espanhol, que jogou sua primeira Liga dos Campeões nesta temporada. "Nós ainda estamos tentando nos recuperar do que aconteceu. Estivemos a quatro minutos da semifinal. Há grande decepção no vestiário", relatou o experiente Roque Santa Cruz.

O atacante paraguaio lamentou ver a vaga escapar das mãos do Málaga. "Tivemos o empate nas nossas mãos. O Dortmund começou a atirar bolas longas para a nossa área nos minutos finais. Eles tentaram de tudo e, no final, tiveram muita sorte. É uma pena perder assim especialmente porque cada um de nós fez um esforço enorme", completou.

O zagueiro Martín Demichelis, outro do grupo dos mais experientes do time, também revelou o baque sofrido. "Podemos até vir a sentir orgulho no futuro, mas agora estamos todos em baixa. Há maneiras de se perder um jogo, mas quando acontece assim, é decepcionante. Não há palavras para explicar."

Já o técnico Manuel Pellegrini preferiu culpar a arbitragem: "Depois que fizemos 2 a 1, não houve arbitragem. Sofremos muitos empurrões e cotoveladas na nossa área. O terceiro gol teve um impedimento duplo. Eu contei seis ou sete faltas em cada bola levanta na área", reclamou.

No gol que deu a classificação ao Borussia, houve impedimento em dois momentos. Felipe Santana mesmo estava em posição irregular quando marcou. Por outro lado, o segundo gol do Málaga, colocou a equipe em vantagem, também foi irregular, uma vez que o Eliseu também estava impedido quando mandou a bola para as redes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.