Jogadores do Palmeiras criticam árbitro após derrota

'Ele acabou dando pênalti e complicou o nosso trabalho', lamentou o goleiro Bruno, que substituiu Marcos

AE, Agencia Estado

20 de agosto de 2009 | 00h57

Os jogadores do Palmeiras reclamaram muito da arbitragem do carioca Péricles Basso Cortez. Já no final do jogo, ele deu pênalti de Marcão em Thiago Gentil, numa jogada em que os dois jogadores usaram o braço para tentar levar vantagem no lance - o atacante do time paranaense puxou primeiro o adversário.

 

Veja também:

linkPalmeiras perde para o Coritiba e tem liderança ameaçada

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Na cobrança, Marcelinho Paraíba fez o único gol do jogo - a primeira derrota do Palmeiras sob o comando de Muricy Ramalho. O time já não ganha há quatro jogos, mas ainda continua na liderança, com 37 pontos. Pode ser ultrapassado nesta quinta-feira pelo Goiás, que tem 35 e pega o Náutico no Recife.

"É difícil chegar aqui, com tantos desfalques, conseguir uma boa atuação, mas acabar sendo prejudicado no fim por um lance desses", lamentou o zagueiro Maurício Ramos. "Mas não podemos entrar em desespero. Temos que levantar a cabeça".

"A gente não merecia perder, mas sim sair com a vitória. Ele [o árbitro] acabou dando pênalti e complicou o nosso trabalho", lamentou o goleiro Bruno, que substituiu o lesionado Marcos.

Já o meia Cleiton Xavier lamentou as oportunidades desperdiçadas pela equipe em contra-ataques no segundo tempo. "Nós tivemos chances para fazer o gol, mas infelizmente falhamos nas finalizações", disse o camisa 10.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.