Cesar Greco/Agência Palmeiras
Cesar Greco/Agência Palmeiras

Jogadores do Palmeiras escapam de suspensão e time pode ter força máxima contra o São Paulo

Equipe enfrentou o Cruzeiro com sete atletas pendurados com dois cartões amarelos, mas nenhum deles foi advertido

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

01 Outubro 2018 | 11h01

Além da vitória por 3 a 1 sobre o Cruzeiro, outro motivo de comemoração do Palmeiras foi o fato de nenhum jogador ter recebido o terceiro cartão amarelo e, com isso, a equipe deve ter força máxima para enfrentar o São Paulo, sábado, no Morumbi, em um confronto direto na briga pela liderança do Campeonato Brasileiro.

O Palmeiras foi a campo com sete jogadores pendurados, sendo quatro deles titulares: o lateral-direito Marcos Rocha, o lateral-esquerdo Victor Luis, o volante Bruno Henrique e o meia Lucas Lima. Ainda entraram no decorrer do jogo, mais dois pendurados: o lateral-direito Mayke e o atacante Willian. O volante Thiago Santos, que completa a lista, ficou no banco de reservas. 

Antes de enfrentar o São Paulo, o Palmeiras fará um outro confronto ainda mais decisivo, pela Copa Libertadores. Na quarta-feira, a equipe comandada por Felipão enfrenta, em casa, o Colo-Colo pelo jogo de volta das quartas de final da competição. No primeiro jogo, a equipe alviverde derrotou os chilenos por 2 a 0.

Felipão não adiantou se irá levar o que tem de melhor para o clássico, mas a tendência é que escale força máxima. Após o jogo com o Colo-Colo, o Palmeiras terá a semana inteira livre para descansar e só retornará aos gramados no domingo, dia 14, quando recebe o Grêmio. 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.