Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Jogadores do Palmeiras lamentam empate, mas exaltam invencibilidade

Time fica no 2 a 2 com o Linense em casa e explica que tropeço não pode manchar campanha sem derrotas até agora

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

15 de fevereiro de 2018 | 23h30

Apesar de a alegria não estar completa, o time do Palmeiras não saiu totalmente decepcionado do jogo desta quinta-feira, com o Linense, pelo Campeonato Paulista, no Allianz Parque. O empate em 2 a 2 ficou abaixo da expectativa, mas o time comentou que mesmo com o tropeço, o importante foi manter a sequência invicta. Agora são sete jogos no ano, com seis vitórias e mais um empate.

+Tabela do Campeonato Paulista 2018

"Não fizemos um bom jogo. Começamos bem e depois o time caiu um pouco. O importante pelo jogo que a gente fez era não perder, e conseguimos", comentou o lateral Michel Bastos. O Palmeiras ficou na frente do placar por duas ocasiões, uma em cada tempo, e permitiu o empate do time do interior. A partida fez o clube alviverde chegar a 19 pontos e continuar como líder do grupo C.

Para o lateral Marcos Rocha, apesar da frustração, o Palmeiras precisa valorizar o resultado. "Faltou velocidade e rapidez no nosso toque de bola. Foi um jogo difícil. O time deles foi poucas vezes ao ataque e teve felicidade. O ano não acabou ainda. Continuamos invictos, líderes da chave e vamos evoluir", comentou o jogador, que deu uma assistência para um dos gols de Borja.

O Palmeiras volta aos treinos na tarde desta sexta-feira, na Academia de Futebol. O próximo compromisso do time será contra a Ponte Preta, domingo, em Campinas, também pelo Campeonato Paulista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.