Jogadores do Palmeiras são suspensos por causa de briga

O Palmeiras recebeu, nesta sexta-feira, uma péssima notícia da Conmebol. O zagueiro Douglas, o atacante Enílton e o volante Alceu foram suspensos por quatro jogos válidos em competições sul-americanas por causa da briga generalizada com os atletas do Cerro Porteño, no último dia 13, no Palestra Itália, pela Copa Libertadores da América.A entidade máxima do futebol do continente também puniu em quatro partidas José Davaca e Jorge Achucarro, que atuam no time paraguaio. O defensor Carlos Baez pegou seis jogos de gancho.Além das suspensões, a Conmebol multou o Palmeiras e o Cerro Porteño em US$ 10 mil "por conduta violenta de seus jogadores", divulgou a federação em um comunicado oficial.Já a atuação do juiz da partida, o boliviano René Ortubé, será analisada pela Comissão de Árbitros da Conmebol, uma vez que ele expulsou apenas Douglas e Baez após o tumulto.A briga entre os jogadores das duas equipes ocorreu momentos antes do início do segundo tempo. Depois de alguns atletas discutirem no centro do campo, os jogadores começaram a pancadaria. A partida terminou com vitória por 3 a 2 para o Cerro Porteño, mas os paraguaios foram eliminados da competição.Segundo no Grupo 7, o Palmeiras enfrenta na próxima quarta-feira o São Paulo, pelo jogo de ida das oitavas-de-final da Copa Libertadores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.