Reprodução
Reprodução

Jogadores do River entram em confronto com torcedores pelas ruas de Teresina

Incidente aconteceu no domingo, após o time perder o clássico para o Flamengo, pelo Campeonato Piauiense

Redação, O Estado de S.Paulo

26 de abril de 2021 | 23h47

Mesmo estando na briga pela classificação para a grande final do Campeonato Piauiense, a torcida do River não aceitou a derrota para o rival Flamengo, por 3 a 2, no domingo. Houve confusão após o jogo com torcedores organizados no portão do Estádio Albertão, depois no trajeto e, por fim, na chegada ao centro de treinamentos do clube. O curioso é que no meio do caminho os jogadores foram para o revide, descendo do ônibus e atacando alguns torcedores.

Esta nova batalha foi travada na rua Porto Alegre, em Teresina (PI). De repente, o ônibus da delegação parou, houve alguma indecisão, até que os jogadores desceram do veículo. Sem pensar duas vezes, os atletas pegaram pedras na calçada e começam a jogar em alguns torcedores que os perseguiam com xingamentos.

Em certo momento, os jogadores avançaram contra um carro. Alguns torcedores desceram, os jogadores recuaram, mas logo voltaram ao ataque com mais pedradas. O carro vai embora e a polícia apareceu. Foi a polícia também que tinha impedido o pior na porta do estádio. Um grupo de torcedores organizados fez pressão no elenco com cobranças fortes e xingamentos. A confusão durou cerca de 20 minutos, tendo iniciado quando os atletas estavam indo até o ônibus para ir embora do local, foram recebidos com palavrões e até socos e pontapés no veículo. Um dos jogadores chegou até a levar um tapa na cabeça.

Apenas quatro policiais faziam a segurança no jogo e tiveram que agir com muita energia. Para afastar os 'torcedores', um policial deu um tiro de bala de borracha que acertou a perna de um homem. O major Wilton Sousa, comandante de policiamento explicou o tumulto. "O disparo foi para trazer segurança aos jogadores e aos próprios torcedores. Houve um tumulto, não poderíamos deixar de fugir do controle. Não tivemos a intenção de acertar ninguém".

A última batalha aconteceu na chegada do ônibus dos jogadores ao CT Afrânio Nunes. Um grupo de torcedores atacou o ônibus da delegação com rojões. O motorista fugiu de marcha ré e, por sorte, logo a polícia chegou a impôs a paz ao local.

Com 14 pontos, o River é terceiro colocado no Campeonato Piauiense, atrás de Parnahyba e Fluminense, com 15 pontos cada. Apenas os dois primeiros colocados vão decidir o título, mas ainda faltam quatro rodadas. O Flamengo é o sexto colocado, com 10 pontos.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolRiver-PI

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.