Jogadores do Santos comemoram vitória, mas pregam cautela

Jogadores do Santos comemoram vitória, mas pregam cautela

Atletas pedem atenção no jogo da volta

O Estado de S.Paulo

23 de setembro de 2015 | 22h48

Os jogadores do Santos procuraram manter a cautela após a vitória por 1 a 0 sobre o Figueirense, nesta quarta-feira, pela Copa do Brasil. Com o resultado no Orlando Scarpelli, em Florianópolis,  a equipe tem a vantagem do empate no jogo de volta, na próxima quinta-feira, no Pacaembu, para garantir vaga na semifinal.

“Temos uma vantagem boa, mas sabemos que no futebol tudo pode acontecer. Vamos manter o respeito com a equipe do Figueirense”, disse o meia Lucas Lima.

Destaque da partida ao marcar três gols (em dois estava impedido e acabaram anulados), o atacante fez questão de destacar que o time precisa ter cuidado no jogo de volta. “Fiquei muito triste por ter feito dois gols, mas não valeram. Mas tive calma, sofri o pênalti e estou feliz pela vitória. Dá uma vantagem, mas não a classificação”, disse.

O atacante Ricardo Oliveira ressaltou o fato de o time ter feito marcado fora de casa. “Merecíamos essa vitória. Buscamos o resultado a todo momento. Sabemos da importância de fazer gol fora de casa”, afirmou o atacante.

O Santos volta a campo no domingo, quando recebe o Internacional, na Vila Belmiro, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jogo será às 11h.

Tudo o que sabemos sobre:
FutebolSantos FCCopa do Brasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.