Jogadores do Santos fazem coro contra a arbitragem

O atacante Neymar garantiu, depois do jogo, que o Santos foi prejudicado pela arbitragem no empate contra o Internacional, em Porto Alegre. "Poderíamos ter saído vitoriosos. Só porque eu caio diferente o juiz não marca pênalti", disse. Neymar lamentou também o resultado. "O jogo foi bom, mas o resultado ruim, porque estávamos ganhando".

AE, Agência Estado

30 de outubro de 2010 | 20h35

Veja também:

linkGanso tranquiliza torcida e garante que fica no Santos

linkJOGO - Leia como foi Internacional 1x1 Santos

O presidente do Santos, Luís Alvaro Ribeiro, presente ao Estádio Beira-Rio, ficou inconformado com o lance em que Nei tirou a bola do gol depois de ela ter ultrapassado a risca. "Não foi a primeira e nem a última vez. Já está na hora de a Fifa rever sua posição extremamente conservadora e adotar a tecnologia idêntica aos jogos de tênis para tirar dúvidas em lances de gol", declarou.

Já o zagueiro Durval deixou claro que o sonho da tríplice coroa ficou distante. "Com oito pontos atrás, fica muito difícil", disse. Só o goleiro Rafael mostrou confiança. "Enquanto tivermos chances vamos lutar", garantiu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.