Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Divulgação/Santos FC
Divulgação/Santos FC

Jogadores do Santos recebem palestra de infectologista sobre covid-19 em Atibaia

Médico do Hospital de Clínicas orienta elenco sobre cuidados e rotina durante a pandemia

Redação, O Estado de S.Paulo

31 de março de 2021 | 18h39

Os jogadores do Santos não estão apenas treinando em Atibaia. A diretoria do clube resolveu deixar todos cientes do perigos da covid-19 e levou um infectologista para dar palestra ao elenco no retiro em Atibaia. Quer deixar todos cientes dos riscos que a doença promove e como se preservar antes da folga da Páscoa.

O médico Evaldo Stanislau, infectologista do Hospital das Clínicas da USP, foi o escolhido para orientar o grupo de Ariel Holan. Até o treinador e os demais integrantes da comissão técnica participaram da explicativa palestra. Muitos jogadores fizeram questão de interagir com o doutor, que aprovou o resultado.

"Eu dou aula há muito tempo também e posso dizer que o elenco tem bons alunos. Todos prestaram muita atenção e participaram", elogiou o infectologista. "Pará e Marinho interagiram bastante, e isso é muito importante, pois são exemplos para os mais jovens."

O elenco do Santos já passou por surto da covid-19. Mesmo assim, muitas das explicações de Evaldo Stanislau servirão de lição para eles levarem a seus familiares e também como maneira de proteção contra as novas cepas do vírus.

Como os jogadores vão passar o feriado de Páscoa com suas famílias, todo cuidado é pouco para evitar aglomeração e saídas fora de hora. As recomendações são que fiquem em casa na folga de três dias.

Antes de receberem a palestra, todos foram submetidos a novos testes do coronavírus, uma medida de o Santos mostrar que todos serão liberados sem a doença. Na reapresentação, novamente vão ser submetidos aos testes.  

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.