Jogadores do São Paulo ansiosos para confirmar conquista

Com a vantagem de 13 pontos na liderança do Brasileirão, time não quer 'sobrevida' dos rivais na competição

Giulliano Villa Nova, Estadão

22 de outubro de 2007 | 19h21

A liderança absoluta e a proximidade do título brasileiro estão tirando a tranqüilidade dos jogadores do São Paulo. A duas vitórias de confirmar a conquista, o elenco não consegue esconder a ansiedade para decidir a competição - o que pode ocorrer no próximo domingo, contra o Sport, no Recife. Para isso, a equipe do técnico Muricy Ramalho tem de vencer e torcer pelo tropeço dos rivais Palmeiras, Santos e Cruzeiro. "Quanto mais cedo pudermos comemorar o título, melhor", resume o meia Jorge Wagner. "Nesse campeonato, não se pode dar sobrevida para nenhum adversário", comenta.Como teria de esperar o resultado dos concorrentes, o mais provável é que o São Paulo levante a taça apenas no dia 31, no Morumbi, no jogo contra o América-RN. "Mas não há a necessidade de ser campeões em casa. Se garantirmos o título já neste domingo, a torcida vai festejar da mesma forma", pondera Jorge Wagner. "Queremos definir isso o quanto antes, está difícil controlar a ansiedade", admite o atacante Diego Tardelli. "Sempre que encontramos com os torcedores, nos provocam, dizem que já somos campeões, mas ainda não podemos comemorar", observa. "Já nos sentimos campeões, mas precisamos ter respeito com os outros times."

Tudo o que sabemos sobre:
São Paulo FCBrasileirão Série A

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.