Felipe Rau / Estadão
Felipe Rau / Estadão

Jogadores do São Paulo cobram esforços para que elenco seja mantido em 2018

Grupo quer evitar que 2018 seja tão dramático quanto foi 2017 e espera ver o time lutando por objetivos melhores

O Estado de S.Paulo

24 Novembro 2017 | 11h00

Após livrarem o São Paulo do risco de rebaixamento no Campeonato Brasileiro, jogadores do time tricolor vêm cobrando a diretoria para que cumpra o planejamento do time na próxima temporada.

Atacante da seleção do Equador diz estar perto de acerto com o São Paulo

Na prática, muitos temem que o roteiro do sufoco tricolor em 2017 se repita na próxima temporada. E um dos principais fatores visto como decisivos no drama são-paulino em 2017 foi a perda de peças importantes no decorrer da temporada.

Para o capitão Hernanes, o sucesso na próxima temporada depende diretamente da manutenção da base do time que conseguiu fugir do rebaixamento. "Se permancer esses jogadores, concordo (com Dorival Junior, que disse que o São Paulo pode lutar por títulos em 2018). O grupo têm qualidade, e chances de brigar por coisas boas. Nosso segundo turno foi uma das melhores campanhas. O grupo tem qualidade se permanecer e temos chance de brigar em cima. Mas tudo passa por manter essas peças, para não comprometer esta possibilidade."

"Foi um ano atípico na história do São Paulo, e algumas coisas têm de mudar", opina o goleiro Sidão. "Para o ano que vem, temos que ter um planejamento legal, que a diretoria e a comissão técnica possa cumprir esse planejamento para que a gente possa brigar por títulos."

O centroavante Lucas Pratto diz ter cobrado pesoalmente o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva. "Tem de planejar 2018 com todos juntos. É a hora de a maioria dos jogadores experientes falar. Hernanes, Petros, Jucilei... Temos de cobrar e pedir que 2018 seja melhor do que foi este ano", disse Pratto, ao SporTV.

Mais conteúdo sobre:
São Paulo Futebol Clube

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.