Sérgio Castro|Estadão
Sérgio Castro|Estadão

Jogadores do São Paulo lamentam erros defensivos em derrota

Atletas também destacam gols perdidos após revés para o Inter

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

22 de maio de 2016 | 18h48

O elenco do São Paulo lamentou bastante a derrota neste domingo para o Internacional por 2 a 1, no Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro, por considerar que o resultado poderia ter sido melhor caso o time não tivesse errado tanto. Os jogadores afirmaram na saída de campo que falhas de marcação propiciaram ao adversário impor a primeira derrota no clube em seu estádio na temporada.

"Acabamos sofrendo dois gols de contra-ataque. Quem não faz, toma. Tivemos muitas chances. É hora de cada um ver o que errou para ajustar para os próximos jogos", afirmou o zagueiro Maicon. "A gente até criou bastante, é uma derrota sem explicação, com um homem a mais não poderíamos ter tomado um gol como tomamos", comentou o meia Paulo Henrique Ganso.

O gol que sacramentou o placar saiu aos 43 minutos do segundo tempo, quando William passou pelo lateral Bruno, avançou até a linha de fundo e cruzou para Eduardo Sasha garantir a vitória. Os são-paulinos evitaram em criticar a participação de Bruno no lance. "Não existem falhas individuais, somos um grupo. No Campeonato Brasileiro você não pode perder pontos em casa", comentou o camisa 10.

A derrota na segunda rodada faz a equipe permanecer com três pontos, pois na estreia, em Volta Redonda, os reservas bateram o Botafogo por 1 a 0. "A gente correu bastante, lutou e fez o gol. Nas duas únicas bolas que eles tiveram, conseguiram fazer. Vamos corrigir esses erros", disse o atacante Rogério. O próximo compromisso do São Paulo é na quarta, contra o Coritiba, no Couto Pereira, pela terceira rodada do Brasileirão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.