Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Jogadores do São Paulo se emocionam com despedida e elogiam Lugano

Zagueiro uruguaio fez seu último jogo pelo tricolor no empate diante do Bahia, no Morumbi

Paulo Favero, O Estado de S.Paulo

04 de dezembro de 2017 | 10h00

Após o empate com o Bahia, os jogadores do São Paulo também se mostravam emocionados com a despedida de Lugano. O contrato do uruguaio será encerrado e a partida no Morumbi marcou sua última passagem pelo clube. Para Rodrigo Caio, que formou dupla de zaga com o xerifão, esse momento ficará para sempre marcado em sua carreira.

+ Lugano diz adeus no São Paulo, mas pode ser apenas um 'até logo'

+ Brenner, de apenas 17 anos, termina temporada em alta no São Paulo

"Ele é grande, uma pessoa sensacional. Não precisa nem falar o que representa dentro de campo. Num dos momentos mais difíceis do São Paulo, ele mesmo não jogando, acompanhava e dava apoio. É um cara que a gente guarda eternamente em nossos corações. Sempre me apoiou e posso dizer que joguei com dois grandes ídolos do Sâo Paulo, Rogério Ceni e Lugano", disse.

O volante Petros também era só elogios a Lugano. Ele passou a conhecer mais de perto nesta temporada, quando foi contratado pelo São Paulo, e revelou que passou a véspera da despedida do uruguaio ao lado dele, apenas vendo as reações do companheiro, que ainda não definiu se pretende pendurar as chuteiras.

"Eu sou muito emotivo e não me imagino nessa situação dele. Fiquei o dia inteiro com ele e pela primeira vez vi ele emocionado, quando fizemos um vídeo e mostramos a ele. Perguntei se ele nunca chorava, e ele falou a emoção que estava sentindo por dentro. Depois disse: 'Jamais trocaria a minha despedida. Preferia que fosse assim, porque o clube precisou de mim em um momento ruim e eu estava aqui, do que me despedir sendo campeão'. Um cara que fala isso é digno de respeito", comentou Petros.

Tudo o que sabemos sobre:
São Paulo Futebol ClubeDiego Lugano

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.