Mauricio Rummens/Fotoarena
Mauricio Rummens/Fotoarena

Jogadores do São Paulo temem ‘abandono’ da torcida

Elenco teme que a torcida perca a paciência com novos tropeços no Campeonato Brasileiro

Matheus Lara, O Estado de S.Paulo

03 de setembro de 2017 | 06h42

Os jogadores do São Paulo estão preocupados. Eles temem a possibilidade de a torcida abandonar o time e perder a paciência com novos tropeços no Campeonato Brasileiro. O temor se justificou após a derrota para o Palmeiras e ficou ainda maior depois que o CT foi alvo de pichação na madrugada de quarta-feira. “Nós apoiamos, mas a paciência acaba”, foi o recado registrado no muro do local.

O apoio da torcida, que quebrou três recordes seguidos de público em casa apesar da má fase, é visto pelo elenco como o grande motor da luta contra o rebaixamento – o São Paulo está na vice-lanterna da competição, com 23 pontos. Sua campanha é melhor apenas do que a do Atlético-GO.

“Espero que a torcida não desista de nós. Eles têm nos abraçado de uma forma que eu nunca vi antes no Brasil. Vamos sair desta situação por eles”, comentou o atacante Marcos Guilherme. 

O próximo jogo do São Paulo é no Morumbi. No dia 9, próximo sábado, o time enfrenta a Ponte Preta pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. O lateral Edimar exaltou a importância dos jogos em casa. “Nosso torcedor tem sido fantástico e, por isso, o Morumbi precisa ser o nosso forte de agora em diante".

Tudo o que sabemos sobre:
São Paulo Futebol Clube

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.